Garoto encontra onça em banheiro de escola em MG: 'Tremi igual vara verde'

em alta
23.05.2022, 09:39:10
(Foto: Reprodução)

Garoto encontra onça em banheiro de escola em MG: 'Tremi igual vara verde'

Felino apareceu no local por conta de queimadas e desmatamento

Onças estão em alta por causa da novela Pantanal, mas uma resolveu deixar os limites da ficção e aparecer no banheiro de uma escola em Nova Lima, interior de Minas Gerais, neste sábado (21). 

O felino foi encontrado pelo estudante David Miguel Silva Almeida, de apenas nove anos. “Tremi igual vara verde ali na porta. Ela fez um guhhhh... Aí na hora que ela fez isso eu me assustei, saí correndo”, disse a criança ao g1.

David foi contar para o pai, Rodrigo de Almeida. “Tem uma onça lá, pai. Eu: ‘Que onça?’ Eu não acreditei. Qual a chance de ter uma onça no banheiro de uma escola. Eu entrei devagar e quando cheguei no último box, ela deu aquele bote igual no vídeo para mim.”

O banheiro onde a onça foi vista fica atrás de um campo de futebol onde mais de 20 crianças jogavam futebol. Quando o alerta da presença do bicho foi dado, ninguém mais entrou no banheiro, claro. A Guarda Municipal, os bombeiros e a Polícia Militar foram acionados.

“Ela ficou presa porque a porta tinha aquele fechamento automático, porque senão ela teria saído normalmente e voltaria para a mata. Ela ataca mais quando se sente acuada. Tanto é que ela não atacou as crianças porque ela não sentiu ameaçada”, explica o tenente Cristiano Pinto Coelho, da Polícia Militar do Meio Ambiente.

Três dardos com anestésico foram utilizados para acalmar a onça. A equipe de resgate esperou do lado de fora por uns 30 minutos e só depois recolheu o animal. A onça-parda de grande porte é uma fêmea. O animal, saudável, sem nenhum ferimento, foi levado pelo Ibama para ser devolvido à natureza.

“Isso tem acontecido devido ao grande desmatamento, às grandes queimadas, à destruição do habitat natural desses animais. Isso faz com que ele, na fuga, acabe atravessando as cidades. A gente faz esse resgate, faz a soltura imediata deixando ele seguir a sua própria vida com segurança total, tanto para a população quanto para o meio ambiente”, disse ao g1 Marcos Mourão, veterinário e presidente da ONG Asas e Amigos.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas