Governo derruba 'motel clandestino' que funcionava em cadeia do RJ

brasil
20.08.2021, 08:56:20
(Foto: Philippe Lima/ Governo do RJ)

Governo derruba 'motel clandestino' que funcionava em cadeia do RJ

Local contava com 10 quartos e paredes de alvenaria

Foi derrubado, na tarde desta quinta-feira (19), uma espécie de motel clandestino que funcionava dentro da cadeia Jorge Santana, que fica no complexo penitenciário de Gericinó, em Bangu, no Rio de Janeiro. De acordo com a CNN Brasil, o local era destinado a presos temporários, que não têm direito à visita íntima, e estava sendo chamado internamente de "parlatório", área onde presos encontram advogados. 

No entanto, as visitas seriam das companheiras dos detentos. O lugar, inclusive, contaria com 10 quartos.

Uma retroescavadeira foi usada para colocar abaixo a edificação de alvenaria, que já tinha todas as paredes erguidas com tijolo e cimento, além de vigas metálicas. As portas estavam delimitadas e o telhado já havia começado a ser construído. Ninguém sabe até agora de onde veio o dinheiro para comprar o material usado na obra irregular no terreno público.

"A construção era irregular, estava em andamento sem qualquer participação de engenharia e arquitetura, o que colocaria em risco a segurança do Complexo e de quem estivesse ali, e com origem da verba desconhecida", afirmou à CNN o secretário Victor Hugo Poubel.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas