Governo inicia audiências públicas para concessão de serviços nos parques estaduais

bahia
26.01.2022, 16:32:57
( Elói Corrêa/ GOVBA)

Governo inicia audiências públicas para concessão de serviços nos parques estaduais

Somados, os projetos dos parques Zoobotânico, das Sete Passagens e da Serra do Conduru receberão investimentos estimados em R$ 114 milhões

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), em parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), deu início, nesta quarta-feira (26), às três audiências públicas para a contribuição da sociedade baiana sobre a proposta de concessão de serviços de apoio à visitação de atrativos e instalações dos parques estaduais Zoobotânico de Salvador, das Sete Passagens e Serra do Conduru.

As audiências estão sendo realizadas no formato virtual, respeitando os protocolos sanitários estabelecidos para o combate ao Covid-19. Os próximos encontros ocorrem nos dias 27 e 28, por meio do YouTube da Sema. Mesmo as audiências acontecendo virtualmente, a participação da sociedade nesse processo está garantida, além de esclarecer as dúvidas, as equipes técnicas irão colher as contribuições, opiniões e sugestões, que vão subsidiar e aprimorar o projeto. A sociedade poderá enviar contribuições até o dia 07/02/2022, no site da Sema ou no site do Parque Zoobotânico de Salvador.

“Todo o processo atende a um amplo debate com a sociedade por meio de consulta e audiências públicas, bem como reuniões com os conselhos estaduais de Meio Ambiente (CEPRAM), de Recursos Hídricos (CONERH), e os Conselhos Gestores dos parques contemplados. São colegiados em que se encontram representados os diversos segmentos sociais envolvidos com as Unidades de Conservação e sua gestão. Estamos empenhados, desde o início da proposta de concessão, a garantir a participação efetiva das comunidades envolvidas, no intuito de mobilizar e colher as contribuições para melhor desenvolvimento deste projeto”, explicou a secretária do Meio Ambiente, Márcia Telles.

Para a diretora-geral do Inema, Daniella Fernandes, as audiências públicas são importantes espaços de participação e contribuição popular ao projeto de concessão de parques públicos do estado da Bahia. “Vale destacar que a concessão não tira do Estado a participação de gestão da unidade de conservação. O Estado continua exercendo sua função essencial de gestão de fauna, de conservação das espécies, de garantia do bem-estar animal. O Inema continua a participar com protagonismo na gestão. Tudo isso é regulado por lei e por contrato”, disse.

A diretora acrescentou que é “importante também destacar que essa proposta não tem um viés arrecadatório. Ele tem o objetivo de prover uma melhor infraestrutura ao Zoológico, por investimento privado, garantindo desenvolvimento e a geração de emprego e renda, fomentando o turismo sustentável, promovendo a preservação do patrimônio ambiental e natural”.

De acordo com o superintendente do BNDES, Pedro Bruno Barros, “a participação da comunidade e de todos os interessados na etapa de consulta pública e de audiências públicas é fundamental para o aprimoramento do projeto”.

Somados, os projetos dos parques Zoobotânico, das Sete Passagens e da Serra do Conduru receberão investimentos estimados em R$ 114 milhões.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas