Guto lamenta erros em derrota para o Atlético, mas diz que Bahia fez bom jogo

e.c. bahia
05.02.2022, 20:59:00
Esquadrão não jogou bem e foi derrotado pelo Atlético, no Carneirão (Foto: Rafael Machaddo/EC Bahia)

Guto lamenta erros em derrota para o Atlético, mas diz que Bahia fez bom jogo

Tricolor saiu na frente, mas levou a virada para o Carcará

A atuação do Bahia diante do Atlético de Alagoinhas passou bem longe do esperado. Com um time bastante modificado - Guto Ferreira promoveu sete mudanças -, o Esquadrão mostrou falta de entrosamento e qualidade técnica. O resultado foi a primeira derrota da equipe no ano, por 2x1, pela Copa do Nordeste. 

Ao fim da partida, o técnico Guto Ferreira reconheceu que o time cometeu erros que não pode repetir, mas salientou que o elenco está um ritmo muito intenso de jogos e afirmou até que analisou situações positivas no desempenho dos jogadores.

"Acho que a nossa equipe fez um jogo aceitável, tivemos condições de ganhar. O que eu tenho que reclamar é dos erros que tivemos. Tivemos erros no primeiro tempo, na cobrança de falta, e o segundo gol foi já extenuado. A expulsão, que não poderia ter... Talvez se tivesse mantido a superioridade numérica não teríamos terminado o jogo como terminamos. Isso é coisa para ser corrigida, e já conversei com eles. No mais, é processo", disse Guto.

Questionado se em alguns momentos falta vontade de vencer ao Bahia, o treinador garantiu que não. Guto voltou a bater na tecla do preparo. Contra o Atlético ele promoveu o rodízio entre alguns atletas e ainda não pôde contar com Luiz Otávio e Patrick, ambos diagnosticados com covid-19. 

"Essa vontade de vencer ela existe. Agora é tentar aproveitar da melhor maneira possível o tempo que temos para descansar, para treinar porque a gente não treina, só jogamos. Depois que o grupo começou a jogar, já fizemos a quarta partida", explicou. 

"O processo é lento, temos buscado encaixar a equipe. Hoje eu comecei com três jogadores que estavam na base. O Ronaldo já estava comigo, mas o Miquéias subiu agora, o Borel estava treinando comigo, mas subiu do transição. No banco tinha mais uns três. É o processo, mas eles foram bem", completou.

O próximo desafio do Bahia na temporada será pelo Campeonato Baiano. Nesta quarta-feira (9), o Esquadrão recebe o Barcelona de Ilhéus, pelo Campeonato Baiano. Já no sábado (12), a equipe encara o Globo, na Fonte Nova, pelo Nordestão. 

Confira outros trechos da entrevista de Guto:  

Resultados ruins na temporada
A equipe principal do Bahia empatou um jogo, o clássico. Os dois outros jogos foram empatados com a equipe de transição. A equipe titular do Bahia, que está começando o trabalho, tem quatro jogos. Dois triunfos, um empate e uma derrota. Uma equipe que está sendo reconstruída, que começou mais tarde do que os outros, que jogou hoje contra um time que começou em dezembro, equipe que transitou com a base toda do título, gramado alto. Jogamos na quarta-feira e eles não jogaram. Enquanto a gente não estiver aqui discutindo sobre treinamento esportivo, instrução de equipe e as pessoas não entenderem o que a gente vem falando no dia a dia, fica difícil responder. A gente vem falando diariamente isso e as pessoas não estão percebendo o que temos falado. Em todas as entrevistas eu falo isso, e todo mundo acha que isso tudo é desculpa, mas não é. 

Rodallega tem dez dias de treino, como dobrou alguns treinos… não tem 20 dias da volta e já jogou três jogos, sendo que no último jogou inteiro. Na quarta-feira o clássico foi extremamente extenuante, hoje pegou um gramado alto, que é desgastante, e não consegue responder. Eles [Atlético] estavam sobrando na força. 

Desempenho físico
Jogamos com uma equipe que está há um mês na nossa frente no aspecto físico. Daqui a um mês e meio vai estar tudo equiparado, mas no início é assim. E nós não estamos descansando, eles descansaram.  Eles vinham de dois resultados negativos porque fizeram quatro jogos seguidos. Esse grupo nosso completou contra eles o quarto jogo. 

Até quando segue no comando?
Quantas peças faltam a direção sabe, isso eu tenho conversado com ela diariamente a respeito. Quanto a questão minha no comando, vocês já estão querendo me derrubar no quarto jogo? Com dois triunfos, um empate e uma derrota? Estão querendo me derrubar? Aí vocês que têm que dizer, já que estão querendo. 

Revezamento no elenco
A equipe estava escalada de uma maneira, quando chegou para o treino estavam fora o Luiz Otávio e o Patrick. Conversamos com Rodallega e outros que já estavam no planejamento. Esses caras precisam treinar, se eles não treinam só perdem. Principalmente em nível de força. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas