Homem é preso pela PF após fumar dentro de banheiro de avião no Recife

brasil
03.09.2019, 15:54:29
Atualizado: 03.09.2019, 15:57:53

Homem é preso pela PF após fumar dentro de banheiro de avião no Recife

Ele disse não saber que era proibido fumar no local e declarou arrependimento

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Foto: Divulgação/PF

Um homem foi preso em flagrante pela Polícia Federal (PF) após fumar um cigarro dentro do banheiro de um avião que havia saído de São Paulo com destino ao Aeroporto Internacional do Recife. A prisão aconteceu na tarde do domingo (1º), mas os detalhes só foram divulgados nesta terça-feira (3).

Segundo a PF, a equipe de bordo do voo operado pela Gol advertiu Renato Anderson Gomes de Alexandre, 27 anos, após notar a irregularidade. Em seguida, o comandante da tripulação acionou a PF, que deteve o homem.

Aos policiais, Renato disse que estava com muita vontade de fumar e que por isso se dirigiu ao banheiro, trancou a porta para acender um cigarro e que deu apenas dois tragos, quando percebeu que o alarme sonoro da aeronave havia disparado.

O homem alegou ainda que não sabia que era proibido fumar dentro de aviões e que estava arrependido do que fez, pois nunca havia tido problemas com a justiça.

Autuado
Renato Anderson foi autuado pelo crime de expor a perigo aeronave ou praticar qualquer ato tendente a impedir ou dificultar navegação aérea. Se condenado, ele poderá pegar penas que variam de 2 a 5 anos de prisão. Renato, após autuado, foi levado para uma audiência de custódia, onde foi posto em liberdade, ficando à disposição da Justiça Federal.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas