Homem 'empresta' esposa em troca de benefícios, mas agora ela não quer voltar

em alta
25.09.2020, 17:45:12
Atualizado: 25.09.2020, 19:04:50

Homem 'empresta' esposa em troca de benefícios, mas agora ela não quer voltar

Tafadzwa resolveu ficar com Daniel, após Anthony usá-la para conseguir bebida e dinheiro

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um homem decidiu fazer uma troca inusitada com seu cunhado. Passando dificuldades financeiras, ele "emprestou" sua esposa em troca de bebida, comida e dinheiro para pagar as taxas escolares dos filhos.

Só que agora Anthony Kabanda ficou sozinho. Acontece que a mulher, Tafadzwa Matura, considerou Daniel Masikati um amante melhor que o marido e agora não quer mais voltar para casa. 

O episódio, reportado pelo "Daily Star", aconteceu no vilarejo de Zimunya, no Zimbábue. O caso foi levado por Anthony ao chefe regional. Segundo ele, o "acordo comercial" com Daniel previa a devolução de Tafadzwa.

Daniel era casado com a irmã de Tafadzwa. Desde que a mulher morrera ele vivia solitário. Os problemas financeiros de Anthony acabaram mudando a sua vida. Em troca de vantagens, Anthony ofereceu a mulher para "conforto físico" do cunhado.

Tafadzwa ficaria com Daniel das 22h às 4h, por alguns dias, segundo o acordo. Mas a comparação entre os amantes fez a mulher se decidir por Daniel e não aceitar mais voltar para casa.

Em programa de TV local, Tafadzwa classificou o comportamento de Anthony na cama: "É homem de apenas um minuto".

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas