Homem perde 11 familiares nas chuvas que atingem Pernambuco

brasil
29.05.2022, 18:43:13
(Reprodução/g1)

Homem perde 11 familiares nas chuvas que atingem Pernambuco

Chuvas atingem cidades pernambucanas desde a segunda-feira (23)

Dor, saudade e sofrimento definem bem o drama vivido por seu Luiz Estevão Aguiar, morador de Camaragibe, em Pernambuco, região castigada pelas chuvas que atingem o estado desde a última segunda-feira (23). Até a tarde deste domingo (29), 56 mortes já haviam sido confirmadas pela Defesa Civil, destas 11 são de familiares de Luiz Estevão. "Faleceu minha irmã, meu cunhado, faleceram 11 pessoas da minha família, foi difícil. Difícil mesmo. Não esperava isso", disse, em entrevista. 

De acordo com ele, os parentes foram vítimas do deslizamento em Jardim Monte Verde, área limítrofe entre o Recife e Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana. Nesse local, ao menos 20 pessoas morreram soterradas, de acordo com o g1.

Na manhã deste domingo, ministros estiveram no Recife para analisar os impactos da tragédia. São eles  Carlos Brito (Turismo), Ronaldo Bento (Cidadania) e Marcelo Queiroga (Saúde). 

Além dos mortos, outras 56 pessoas ainda estão desaparecidas e mais de 3 mil desabrigadas.
Nove municípios a decretaram situação de emergência, entre eles a capital, Recife.

Para reforçar as ações e socorro à população, os 92 novos soldados do Corpo de Bombeiros que foram nomeados no sábado (28) já começaram a trabalhar neste domingo (29).

O estado também recebeu bombeiros da Paraíba e profissionais de Minas Gerais, todos especializados no atendimento a casos de deslizamentos, segundo o governo estadual. A prefeitura do Recife recebeu apoio da Defesa Civil do Rio de Janeiro.

A Bahia também enviou reforços. Doze agentes do Corpo de Bombeiros chegam ao estado de Pernambuco na noite deste domingo. 

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas