Homem se reta, tira a roupa e 'posa' nu para foto em ônibus

brasil
08.06.2017, 17:45:00
Atualizado: 08.06.2017, 17:53:51

Homem se reta, tira a roupa e 'posa' nu para foto em ônibus

Passageiros ficaram assustados quando homem invadiu coletivo, em Belém (PA), e sentou na cadeira do motorista

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um homem não identificado assustou passageiros de um ônibus em Belém, capital do Pará, nesta quarta-feira (7), quando entrou sem roupas no coletivo, numa das principais e mais movimentadas vias da cidade, a Avenida Almirante Barroso. Ele ainda posou para uma foto, na cadeira do motorista. As informações são do site Diário Online.

Inicialmente, um representante do Sindicato dos Rodoviários local informou que o homem era motorista do coletivo e que sofria transtornos psicológicos, o que teria causado o surto durante o trabalho. A entidade informou ainda, nesta quarta, que o profissional foi auxiliado por colegas de outros ônibus, que o levaram para casa.

No entanto, horas depois, a entidade informou que o homem não era motorista do ônibus. “Inicialmente, recebi a informação errada. Na verdade, o motorista parou o veículo e um homem com problemas psicológicos que estava nu na rua entrou no carro”, explicou Huelem Ferreira, presidente do sindicato.

Ainda segundo o Diário Online, há pouco mais de um ano, outra situação curiosa ocorreu em um ônibus que circulava na grande Belém, quando uma passageira foi atingida no braço por uma flecha enquanto estava dentro do coletivo.

Foto: Reprodução/Diário Online

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas