Homens armados assaltam ônibus e fazem arrastão na Ladeira do Cacau

salvador
09.01.2021, 16:06:00
Atualizado: 09.01.2021, 16:41:36

Homens armados assaltam ônibus e fazem arrastão na Ladeira do Cacau

Polícia não conseguiu localizar os bandidos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Dois homens armados invadiram e fizeram um arrastão dentro de um ônibus na Ladeira do Cacau, no bairro de São Caetano, em Salvador, por volta das 12h da última sexta-feira (8). O coletivo seguia em direção ao Largo do Tanque quando a ação aconteceu. Moradores contaram que na fuga eles fizeram outras vítimas. 

Procurada, a Polícia Militar informou que a 9ª Companhia Independente da PM (CIPM/ Pirajá) foi acionada pela Central de Comunicação da polícia e a informação era de que havia um princípio de tumulto na região. As guarnições realizaram rondas nas imediações do local, mas não conseguiram localizar os suspeitos.

Contatado pela equipe do CORREIO, um morador da região afirmou que os assaltantes cometeram outros roubos durante a fuga, abordando pessoas na rua.

Foi o segundo caso de arrastão consecutivo na capital baiana. Um dia antes, na quinta-feira (7), uma ação criminosa assustou moradores e motoristas que passavam pela Avenida Afrânio Peixoto (Suburbana), no bairro do Lobato. Um grupo armado roubou pessoas na região. Moradores registraram em vídeo momentos em que motoristas deram ré para tentar escapar dos bandidos. 

Na ocasião, houve relatos de que os criminosos chegaram a fechar a via nos dois sentidos para roubar. Os vídeos mostram carros na contramão, pessoas correndo e a chegada da polícia.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas