'I AMazonia': Letreiro de Amsterdã protesta contra desmatamento no Brasil

em alta
21.08.2019, 19:20:00
Atualizado: 21.08.2019, 23:07:10
(Foto: Marten van Dijl/Greenpeace)

'I AMazonia': Letreiro de Amsterdã protesta contra desmatamento no Brasil

Ato do Greenpeace chamou atenção de turistas e moradores na Holanda

O famoso letreiro "I AMsterdam", localizado em frente ao Museu Nacional de História e Arte dos Países Baixos da capital holandesa, foi substituído durante um ato de protesto da ONG de ativismo ambiental Greenpeace. A ação foi iniciada em junho, a fim de levar a mensagem contra o desmatamento da Amazônia e o apoio aos povos indígenas a uma escala mundial.

As letras foram trocadas por "I AMazonia", algo como "Eu sou Amazônia", e chamou atenção de turistas e moradores de uma das mais famosas capitais europeias.

Segundo o Greenpeace, o ato é um recado ao presidente Jair Bolsonaro que tem registrado recordes de desmatamento da Amazônia.

A organização também lançou a petição "Salve a Amazônia", que tem como objetivo barrar a liberação de áreas de conservação ambiental e desmonte do Ibama, que têm trazido consequências diretas ao meio ambiente.

A placa, que tem 22 m de altura, foi retirada da frente do Museu Rijksmuseum em dezembro de 2019 após 14 anos. A alegação das autoridades municipais era de que o letreiro causava concentração de pessoas no local, que é um dos principais destinos dos turistas.

“Apenas quando uma coisa se vai é que percebemos o quanto sentimos falta. A icônica placa atraiu a admiração e as lentes das câmeras de milhões de pessoas em todo o mundo. Ao trazê-la de volta como 'I AMazonia', o Greenpeace não apenas pede a proteção urgente da maior floresta tropical remanescente no mundo, mas também envia uma forte mensagem de solidariedade ao povo indígena e comunidades tradicionais que protegem a Amazônia contra o desmatamento", afirmou Sigrid Deters, ativista de florestas e biodiversidade da seção holandesa do Greenpeace. 

O estado do Amazonas declarou na sexta-feira passada situação de alerta ambiental. O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) afirma que a Amazônia é o bioma mais afetado pelas queimadas, com 51,9% dos casos. 

Ainda de acordo com o Greenpeace, a floresta tropical perdeu cerca de 18% do seu território. A Amazônia é um dos principais pilares da luta contra a mudança climática. Tendo 2 milhões de km² é um grande repositório de dióxido de carbono.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/linn-da-quebrada-estrela-bixa-travesty/
Documentário debate sobre o corpo, gênero e identidades
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/policia-civil-analisa-imagens-de-acao-da-prf-que-deixou-adolescente-morto/
Pai foi ouvido no DHPP; familiares homenagearam garoto de 17 anos nesta quinta-feira (21)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/operario-fica-pendurado-em-predio-durante-pintura-e-e-socorrido-veja-video/
Ele foi retirado de edifício em Fortaleza e conduzido a unidade médica pelo Samu
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-passar-mal-e-ser-socorrido-no-senado-kajuru-segue-internado-na-uti/
Colega baiano Otto Alencar ajudou a socorrê-lo em plenário: ‘não vai ficar sequela’
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/matou-como-se-ela-fosse-bicho-diz-testemunha-de-crime-contra-moradora-de-rua/
Defesa de comerciante alega que ele reagiu a uma tentativa de assalto
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bombeiros-controlam-incendio-em-academia-na-graca/
Fogo começou por volta das 22h40 e foi contido rapidamente
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/vai-para-um-programa-que-te-mereca-diz-fontenelle-a-lacombe-ao-vivo/
Jornalista ficou sem graça com o comentário e afirmou estar feliz no Aqui na Band
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/audiencia-do-caso-davi-fiuza-e-marcada-para-abril-de-2020/