iFood e Prefeitura realizam capacitação em primeiros socorros para entregadores de Salvador

salvador
27.05.2022, 23:03:00
(Marina Silva/CORREIO)

iFood e Prefeitura realizam capacitação em primeiros socorros para entregadores de Salvador

Vinte trabalhadores participaram da aula ministrada por instrutores do Samu

Motociclistas entregadores como Edmilson Alves, 32 anos, costumam dizer que eles são os primeiros a chegar ao local de um acidente de trânsito. No entanto, por não saberem como ajudar, acabam ficando impotentes. Para formar profissionais mais conscientes sobre a segurança no trânsito, o iFood trouxe para Salvador o programa Anjos de Capacete, que realizou, nesta sexta-feira (27), uma oficina de primeiros socorros para os trabalhadores.

A capacitação ocorreu no Salvador Shopping, no Instituto JCPM de Compromisso Social (Espaço IJCPM), como parte das ações de conscientização que marcam o Maio Amarelo. Na capital baiana, o projeto conta com a parceria da prefeitura de Salvador, através do programa Vai de Bike, da Saltur com o Samu, o Salvador Shopping e o Espaço IJCPM. 

“A gente queria muito trazer o Anjos para Salvador. Ela nasceu ano passado e ainda não estava na cidade. Os entregadores estão sempre expostos ao trânsito e também acabam vendo muitos acidentes. Por isso, quisemos fazer um trabalho para que a gente pudesse fortalecer a segurança viária e introduzir um novo agente, que seriam os entregadores, como pessoas que possam ajudar a prevenir acidentes fatais”, explica Tayara Calina, representante do Ifood.

A representante do iFood, Tayara Calina, segura o capacete entregue aos entregadores da turma (Foto: Marina Silva/ CORREIO)

O objetivo é que eles estejam capacitados para evitar acidentes, identificar o local da ocorrência, informar corretamente a situação ao socorro e fazer atendimentos básicos, estando diretamente envolvidos ou não. 

Durante os três anos em que trabalha com entregas, Edmilson já presenciou alguns acidentes. Após a aula, afirmou se sentir mais preparado para lidar com situações do tipo. “Presenciei acidentes que eu poderia ter feito algo para ajudar, mas por não ter conhecimento, acabei não ajudando. As técnicas para manter um coração funcionando até a chegada do Samu foi uma das partes mais interessantes, o que ajuda a salvar muitas vidas”, disse o motociclista.

A entregadora Elisnara de Sousa, 25, também vê o treinamento como uma maneira de ajudar outros entregadores motociclistas. “A gente roda muito e só tem o nosso próprio corpo como escudo. Vai ser importante seguir sabendo que eu vou conseguir fazer a diferença na preservação da vida de um colega”, disse Elisnara.

Ao todo, 20 entregadores participaram da aula ministrada pelos instrutores do Núcleo de Educação Permanente (NEP), do Samu, Renato São Bernardo e Márcio Coelho. “Com o treinamento, o cidadão passa a entender que ele pode interferir no processo de socorro até a chegada do Samu, desde que da maneira correta. Ao identificar uma parada cardíaca, qual é o próximo passo após acionar a emergência? Fazer uma compressão torácica. Foi tudo isso que a gente treinou”, contou o Marcio.  

Ao final do curso, os entregadores ainda receberam um capacete branco personalizado com uma identificação de “Anjo de Capacete”, sinalizando a capacitação adquirida no treinamento. Além de equipamentos básicos de primeiros socorros, jaqueta, alguns kits de segurança e o certificado de formação.

Para o presidente da Saltur, Isaac Edington, parcerias como esta são essenciais para aumentar a segurança no trânsito. “Aumentar a segurança nas vias de Salvador por meio de parcerias com essa são fundamentais para a qualidade de vida da cidade, protegendo, ciclistas, pedestres, motoristas, motociclistas e todos. Estamos empenhados nesse compromisso desde 2013”, destaca Edington. 

Superintendente do centro de compras do Salvador Shopping, José Luiz Miranda informou que o local vai iniciar uma parceria inédita com o Ifood e iniciar o serviço com um Hub exclusivo deles no empreendimento. "O espaço vai otimizar o serviço e a operação de delivery para o segmento de alimentação no local", disse.

"Está presente em nossa cultura o compromisso social e a periodicidade nos treinamentos, desta forma, entendemos a importância dessa capacitação, troca de experiências e vivências que tendem a criar soluções e implantar melhorias para a atividade dos entregadores", finalizou o superintendente. 

*Com orientação da chefe de reportagem Perla Ribeiro
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas