Igreja de Sant'Ana reabre nesta quinta-feira (19) com celebração religiosa

salvador
19.07.2017, 19:21:00
Atualizado: 19.07.2017, 20:17:48

Igreja de Sant'Ana reabre nesta quinta-feira (19) com celebração religiosa

A missa será presidida pelo rcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, às 20h; a Ladeira de Santana também foi recuperada pelo governo do estado

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

(Foto: Marina Silva/CORREIO)


Há 11 anos, durante uma celebração, parte do forro da Igreja do Santíssimo Sacramento e Sant’Ana, no bairro de Nazaré, caiu. O susto foi o ponto de partida para os fiéis e o padre José Abel Carvalho Pinheiro iniciarem uma verdadeira maratona em busca de recursos para restaurar o templo religioso, que, à época, também sofria com infiltrações e a ação de cupins.  

Na manhã desta quarta-feira (19), as acomodações da centenária igreja, construída em 1747, foram apresentadas pelo pároco Abel Pinheiro à imprensa e aos representantes do governo do estado. Fiéis e moradores do bairro participam da cerimônia oficial de entrega nesta quinta-feira (20), às 20h, quando o Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger preside a missa. 

Antes da cerimônia de apresentação, o governador Rui Costa aproveitou para apresentar a conclusão das obras de requalificação da Ladeira de Santana. A obra faz parte do projeto Pelas Ruas do Centro Antigo de Salvador, que visa recuperar 281 ruas de 11 bairros da região do Centro Histórico. 

A apresentação contou com uma pequena cerimônia, onde o Padre Abel falou sobre a importância de ter a igreja recuperada. O espaço passava oir intervenções de restauro e requalificação desde 2006. "Agora, todos os cômodos dessa casa estão abertos. Os fiéis se uniram para arrecadar os fundos e esse processo ajudou na integração da comunidade", pontuou. 

Além dos recursos obtidos coms bazares e bingos organizados pela paróquia, a primeira etapa da restauração, que começou em 2009, contou com o investimento de R$ 2,7 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A segunda etapa, que teve ajuda da empresa Global Participações e Energia, custou R$ 5,4 milhões. 

O aposentado José Ribeiro Gomes, 79 anos, mora no bairro do Bonfim, mas há 20 anos frequenta a Igreja de Sant'Ana. Ele acompanhou de perto todo o processo de restauro do local. "Vivemos uma certa diáspora tendo que assistir as missas em outros lugares. Com tanto tempo frequentando essa casa, passamos a criar uma identidade com a igreja". Enquanto esteve fechada, as missas aconteciam no Convento de Santa Clara do Desterro, também em Nazaré.

Requalificação
A Ladeira de Santana, localizada no bairro de Nazaré, foi entregue nesta quarta-feira (19) depois de passar por intervenções. As calçadas da rua foram recuperadas e receberam piso táctil. A via também ganhou nova iluminação pública. A obra faz parte do projeto ‘Pelas Ruas do Centro Antigo’, que vai recuperar cerca de 281 ruas de 11 bairros do Centro Histórico.

As obras no bairro de Nazaré fazem parte do grupo 2 do projeto. Para a execução das intervenções, os bairros foram divididos em cinco grupos, levando em consideração a proximidade entre as ruas. No grupo 2, além de Nazaré, fazem parte os bairros de 2 de Julho e Politeama. Para essa área devem ser investidos R$42,9 milhões para serem gastos em 50 vias. 

No total, o governo do estado deve gastar cerca de R$124 milhões com as obras, que já estão 30% concluídas. O prazo para a conclusão do projeto é de 14 meses. Até o momento, 80 ruas já receberam melhorias. Com a conclusão das obras da ladeira, o trânsito que estava interditado voltou ao ser liberado.

Antes, os veículos que trafegavam na Av. J. J. Seabra, na da Baixa dos Sapateiros, com destino ao Campo da Pólvora, pela Ladeira de Santana, obrigatoriamente, seguiam pela rua do Tingui. Já o tráfego vindo de Nazaré pela Travessa Professor Antônio Borja era desviado para a rua do Carro.

“São obras difíceis de fazer e que causam transtornos aos moradores e outras pessoas que transitam no local, mas são transtornos momentâneos. O objetivo maior é valorizar essa região da cidade e permitir que se desenvolva atividade econômica e valorização dos imóveis" pontuou o presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), José Lúcio Machado.

Programação
Quinta-feira (20)
20h - Ato Inaugural das Obras de Restauração da Igreja Matriz dos SS. Sacramento e Sant’Ana.

Sábado (22)
17h - Exposição do Santíssimo Sacramento e Recitação do Terço.

18h - Missa de Entrega da Festa de Sant'Ana Celebrante: Dom Marco Eugênio Galrão Leite de Almeida, Bispo Auxiliar de Salvador

Domingo (23)
8h30 - Missa com Oração por Cura e Libertação com Unção dos Enfermos. 

17h - Exposição do Santíssimo Sacramento e Recitação do Terço.

18h - Celebração da Santa Missa Tema da noite - MARIA: UMA MÃE QUE INTERCEDE POR NÓS

Segunda-feira (24)
18h30 - Exposição do Santíssimo Sacramento e Recitação do Terço.

19h30 - Celebração da Santa Missa Tema da noite - MARIA: UMA MÃE QUE ENSINA A REZAR

Terça-feira (25)
10h - Missa para os alunos dos Colégios Santa Clara e Escola Paroquial de Sant'Ana.

18h30 - Exposição do Santíssimo Sacramento e Recitação do Terço.

19h30 - Celebração da Santa Missa

Quarta-feira (26)
6h – Alvorada festiva com toque de sinos e queima de fogos.

6h30 – Celebração da Santa Missa

8h – Celebração da Santa Missa

12h – Celebração da Santa Missa

15h30 – Oração e Louvor

17h30 – Recitação do Terço, Exposição e

Bênção do Santíssimo Sacramento – Ação de Graças pela Restauração da Igreja

19h30 – Missa de encerramento

Sábado (29)
18h - Missa de Dedicação da Igreja Matriz

do SS. Sacramento e Sant'Ana



***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas