Inscrições para capacitação de monitor de turismo estão abertas

salvador
21.01.2020, 18:31:00
Atualizado: 21.01.2020, 18:31:35
(Jefferson Peixoto/Secom)

Inscrições para capacitação de monitor de turismo estão abertas

Programa selecionará apenas jovens de 16 e 17 anos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Estão abertas as inscrições para seleção de jovens entre 16 e 17 anos para que possam atuar no Projeto Jovem Monitor de Turismo, realizado pelo Parque Social em parceria com a Prefeitura. Para participar, é obrigatório estar matriculado ou ter concluído o ensino médio na rede pública de ensino.

O projeto oferece capacitação teórica e prática na área de turismo. A seleção ocorrerá até 6 de março e as inscrições podem ser feitas de modo presencial na sede do Parque Social (localizada no Parque da Cidade, Itaigara), no Escritório Social, na Rua Chile (Centro), ou através do formulário disponível no site www.parquesocial.org.

Ao todo, serão selecionados 50 jovens, que participarão de oficinas de autoconhecimento, relações interpessoais, expressão oral e escrita, noções básicas de inglês e espanhol, empreendedorismo social, interação com os turistas e turismo de base comunitária.

Além disso, os jovens também participarão da construção e ressignificação de roteiros, aulas de campo e palestras com temas transversais relacionados ao turismo.

As atividades terão duração de 9 meses e ocorrerão no edifício do Escritório Social, sempre às terças e quintas-feiras, com encontros que durarão três horas. Após a conclusão do projeto, todos os participantes receberão um certificado de Monitor de Turismo.

O Jovem Monitor de Turismo foi criado em 2017 e tem como objetivo estabelecer uma conexão entre os jovens e o potencial de transformação da realidade local a partir do Turismo de Base Comunitária.

A gerente de projetos do Parque Social, Joana Kary, diz que a iniciativa tem proporcionado inclusão social e tem rendido aos jovens oportunidades de inserção no mercado de trabalho.

“Geralmente recebemos jovens que nunca fizeram uma formação além da escola. Quando terminam a capacitação, eles passam a ter um plano de vida, a conhecer a própria cultura, a ter pensamentos críticos e valorização maior da cidade", pontua.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas