'Intenso, mas muito recompensador', diz Léo Santana após maratona de shows

entretenimento
28.02.2020, 06:00:00
Léo traz no repertório os hits do seu último trabalho: Levada do GG, gravado em São Paulo (Divulgação )

'Intenso, mas muito recompensador', diz Léo Santana após maratona de shows

Cantor comanda a Ressaca Gigante nesta sexta (28) e mantém em alta o clima do Verão

Vivendo o melhor momento da sua carreira, o cantor Léo Santana fez história no Carnaval 2020. Seja pela maratona de shows - em seis dias de festa foram 14 apresentações - dentro e fora da Bahia, ou por ser dono de dois hits que estavam no repertório de quase todos os artistas, o baiano foi um dos destaques e, mais do que nunca, se tornou a grande referência do pagode baiano para o país. 

Mas para quem pensa que o fim do Carnaval é sinônimo de férias, engana-se. Hoje, Léo comanda a Ressaca Gigante, festa que acontece no Wet´n Wild, e mantém o “clima de Verão” já visto pelos fãs durante o Baile da Santinha e em cima dos trios. “Como eu sempre digo: o bonde não para! Vamos com tudo fazer um super show”, brincou o GG, que disse estar muito satisfeito com o resultado da maratona.

“Ver que cumprimos toda agenda conforme o planejado e, principalmente, que atendemos às expectativas do público faz valer todo esforço”. Do outro lado, também fica a gratidão pelo carinho dos fãs. O cantor considerou esse um dos melhores carnavais e destacou a alegria que via nas pipocas e camarotes: “muito recompensador”, concluiu.

Léo apostou em uma temática futurística para o Carnaval 2020
(Foto: Marina Silva / CORREIO)

Como qualquer outro artista, essa sequência de shows requer de Léo cuidados um pouco mais específicos e urgentes. Após os seis dias seguidos de Carnaval, a principal recomendação: não falar. Isso soa de forma estranha, mas são orientações da fonoaudióloga do pagodeiro para que, segundo ele, “nada saia do controle”. E mesmo assim Léo conta, via WatsApp, que não consegue acostumar com essas consequências, mas vai sempre aprendendo a lidar com esses momentos.

O Show
No palco, aí sim o artista vai soltar a voz, e estará na companhia de outros cantores que ele considera amigos: Ludmilla, que certamente trará no repertório o hit Invocada, lançado em parceria com Léo, além de outros sucessos como Onda Diferente e Favela Chegou. O funk também será representado pela MC Pocah, dona de um feat com o baiano intitulado Lei da Gravidade. O cantor afirma que a ideia é abusar da mistura de ritmos no Wet, e por isso também chamou Xand Avião  para completar a noite.

Ludmilla, que interpreta com Léo a canção Invocada, estará na Ressaca
(Foto: Divulgação)

Perguntado se a noite seria como as edições deste ano do Baile da Santinha, o cantor disse que não, por acreditar que essa será uma festa com um clima mais leve, de encerramento, ao contrário do baile que abriu o ano. A outra mudança está na estrutura do palco, que foi montado num formato 360° e ficará localizado no centro da área de shows do Wet´n Wild. O público poderá acompanhar o show de três espaços diferentes: a Arena Gigante (pista), o Backstage do GG ou o Camarote open bar.

Histórico
No repertório de Léo não irão faltar as canções mais recentes do Gigante, gravadas e lançadas no DVD Levada do GG, gravado em agosto. “Eu sempre falo que a música é  considerada sucesso quando outros artistas cantam, e Contatinho estava em muito repertórios. E o mais importante: foi consagrada pela galera, que cantou do início ao fim. Tenho certeza que vamos lembrar do Carnaval 2020 com essa canções marcando presença”, afirmou ele, que ainda lembrou o sucesso de Eu Não Vivo Sem Ela.

MC Pocah fez um feat com Léo Santana na música Lei da Gravidade
(Foto: Reprodução) 

A folia deste ano também marcou a estreia do camarote de Léo Santana, batizado de Mirante do GG. Aberto apenas para convidados, o artista diz que foi um privilégio ter o espaço representando sua figura e o pagode baiano, apesar de não ter conseguido comparecer no camarote durante nem um dia, mas espera tê-lo novamente ano que vem, principalmente pelo “feedback positivo da galera querendo mais”. 

Enquanto 2021 não chega, Léo espera resolver ainda este ano sua lesão no pé, que o acompanha há um certo tempo. A previsão é que em março, antes da chegada do período junino, Léo faça o procedimento, o que o tiraria dos palcos por algumas semanas. “Situações como essa incomodam porque nunca está nos nossos planos, né? Mas é uma causa justa, preciso me cuidar um pouco para voltar com tudo”, terminou. 

Ressaca do Gigante
Onde: Wet´n Wild (Av. Paralela)
Quando: Nesta sexta (28), às 20h 
Ingresso: R$80 | R$40 (pista). R$130 (backstage do GG). R$150 (camarote open bar)
Venda: Sympla 

*Com orientação da editora Ana Cristina Pereira

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas