Itália tem segundo dia seguido com queda de mortes por covid-19

coronavírus
07.04.2020, 18:13:00
(Foto: Andreas Solaro/AFP)

Itália tem segundo dia seguido com queda de mortes por covid-19

País ainda registrou menor número de novos casos do novo coronavírus em 25 dias

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um dos países mais afetados pela pandemia do novo coronavirus, a Itália teve boas notícias nesta terça-feira (7). O local registrou seu menor número de novos casos da covid-19 desde o dia 13 de março. E também anunciou, pelo segundo dia seguido, uma redução no número de mortes.

Os óbitos foram 604, 32 a menos que a véspera, segunda-feira (6), quando teve 636. Ao todo, a Itália, país que mais sofreu com mortes pela doença no mundo, chegou às 17.127 vítimas fatais, de acordo com a Agência de Proteção Civil.

O número de casos confirmados subiu em 3.039, alcançando um total de 135.586. É o segundo dia seguido em que os novos casos foram reduzidos - na segunda-feira (6), foram 3.599. Desde o dia 17 de março, a Itália estava confirmando entre 4.050 e 6.557 casos diários do novo coronavírus.

Há ainda mais dois dados positivos anunciados pelo país nesta terça (7): entre todas as pessoas originalmente contaminadas com a covid-19, 24.392 foram declaradas recuperadas. O número é maior que os 22.837 da véspera. E, em termos de pacientes graves, internados em UTIs, são 3.792, uma redução pelo quarto dia seguido - na segunda (7), eram 3.898.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas