Itamaraty: não há brasileiros entre vítimas de terremoto na Indonésia

brasil
30.09.2018, 06:32:38
Atualizado: 30.09.2018, 07:01:54
Passa de 800 o número de mortos na Indonésia após terremoto e tsunami (Foto: AFP)

Itamaraty: não há brasileiros entre vítimas de terremoto na Indonésia

Conhece algum brasileiro no país? veja como buscar informações

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Ministério das Relações Exteriores disse neste sábado (29) que, por enquanto, não há informações de brasileiros vítimas do maremoto que atingiu a Indonésia. Em nota, o Itamaraty afirma que está atento e lamenta o ocorrido no país asiático.

"Até o momento, não há registro de brasileiros vitimados pelo fenômeno. O Itamaraty seguirá acompanhando a situação, por meio da Embaixada do Brasil em Jacarta e da Divisão de Assistência Consular (DAC) em Brasília", informa o comunicado.

"O governo brasileiro lamenta o trágico maremoto e expressa suas condolências às famílias das vítimas, seus votos de recuperação aos feridos e sua solidariedade ao povo e ao governo indonésios", acrescenta.

Para casos de emergência, o telefone do plantão consular da embaixada em Jacarta é: +62 811 800 662.

Em Brasília, o Núcleo de Assistência a Brasileiros do Itamaraty pode ser acionado pelos telefones +55 61 2030-8803/8804 (das 8h às 20h) e + 55 61 98197-2284 (Plantão Consular, das 20h às 8h) e pelo e-maildac@itamaraty.gov.br.

Os contatos acima destinam-se exclusivamente a emergências. O atendimento à imprensa será feito apenas pelo e-mail imprensa@itamaraty.gov.br e pelos telefones +55 61 2030-8006 e +55 61 98197-2229.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas