João de Deus é condenado a mais 44 anos de prisão por estupro de quatro mulheres

em alta
25.11.2021, 22:58:26
(Divulgação)

João de Deus é condenado a mais 44 anos de prisão por estupro de quatro mulheres

Ele também deverá pagar indenizações por danos morais às mulheres

O médium João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, foi condenado a mais 44 anos e seis meses de prisão, em regime inicial fechado, por crimes sexuais contra quatro mulheres entre os anos de 2009 e 2018. A decisão da Justiça de Goiás foi publicada, nesta quinta-feira (25), no Diário de Justiça daquele Estado. 

A condenação atual tem por base dois crimes de estupro e dois de estupro de vulnerável. A denúncia acusou ainda crimes contra uma quinta vítima, mas João de Deus foi absolvido por falta de provas. 

Ele também deverá pagar indenizações por danos morais às mulheres. Os valores vão de R$ 20 mil a R$ 75 mil. Cabe recurso da sentença, que foi decretada em primeira instância.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas