João de Deus tem até 12h para se entregar, diz delegado

brasil
15.12.2018, 10:58:00
Atualizado: 15.12.2018, 10:59:50
(Foto: Reprodução)

João de Deus tem até 12h para se entregar, diz delegado

Depois desse horário, ele deve ser considerado foragido da justiça

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Depois de ter a prisão decretada pela justiça, o médium João de Deus, vai se entregar à polícia, de acordo com o advogado Alberto Toron, que representa o líder espiritual. No entanto, ele não revelou quando ou onde isso vai acontecer.  

João de Deus teve prisão preventiva decretada por conta de mais de 300 denúncias de abuso sexual feitas por mulheres de seis países diferentes, 13 estados brasileiros e do Distrito Federal. O médium negou as acusações.

Foto: Reprodução
(Foto: Reprodução)

O delegado-geral da Polícia Civil de Goiás, André Fernandes, disse à TV Anhanguera que João tem que se entregar até as 12h deste sábado (15) para não ser considerado foragido.

De acordo com Fernandes, até a noite de sexta-feira (14), policiais procuraram o médium em mais de 20 endereços sem encontrá-lo.

O advogado Alberto Toron disse que vai pedir um habeas corpus e afirmou que depoimentos de poucas vítimas acompanham o pedido de prisão preventiva. Segundo ele não há nome das mulheres que denunciaram os casos no pedido.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas