Jornal Correio e Alô Alô Bahia realizam I Fórum ESG Salvador em maio

estúdio correio
28.04.2022, 06:00:00
Evento sobre ESG reunirá especialistas no Porto Salvador (Foto: Shutterstock)

Jornal Correio e Alô Alô Bahia realizam I Fórum ESG Salvador em maio

Evento inédito no estado reunirá especialistas sobre o tema

No próximo dia 12 de maio, o Jornal CORREIO e o portal Alô Alô Bahia realizam o I Fórum ESG Salvador, no Porto de Salvador (Comércio). Primeiro encontro neste formato realizado na capital baiana, o evento contará com a participação de especialistas com ampla experiência em questões ambientais, sociais e de governança corporativa. A curadoria é assinada pelos dois veículos de comunicação. As inscrições devem sem feitas gratuitamente através do bit.ly/IESGFórumSalvador.

Serão cinco blocos, formados por palestras e painéis, em que nomes de destaque na pauta ESG vão tratar de temas como “Importância da Governança Corporativa no desenvolvimento das empresas”, “Práticas socioambientais e diferenciais competitivos na indústria” e “Diversidade acelerando negócios inovadores”.

Entre os palestrantes estão confirmados Albérico Mascarenhas, coordenador Geral do Núcleo Bahia do IBGC - Instituto Brasileiro de Governança Corporativa; Fábio Alperowitch, sócio-fundador da Fama Investimentos; Jorge Cajazeira, presidente do Conselho de Sustentabilidade da FIEB, e Paulo Rogério, cofundador do Vale do Dendê e consultor em Diversidade.

A primeira palestra do dia, “Decifrando ESG como funciona na prática”, será conduzida pelo advogado e consultor Augusto Cruz, que é mestre em Direito, Governança e Políticas Públicas pela Universidade Salvador, pós-graduado em Política e Estratégia pela Universidade do Estado da Bahia e professor da Universidade Salvador (UNIFACS). O palestrante talhou um conceito a partir de seus estudos em governança corporativa. Assim, "o ESG pode ser definido como sendo o conjunto de ações e medidas adotadas por uma empresa, a partir da escuta de suas partes interessadas, por determinação da alta direção, a fim de implantar boas práticas em governança corporativa, mitigar os impactos que o negócio causou e/ou causa ao meio ambiente e no engajamento na promoção da inclusão social e redução das desigualdades sociais e regionais", explica.

“Ao aderir a uma agenda de ESG, a empresa incorpora em seu direcionamento estratégico boas práticas, como transparência, implantação de um sistema de contrapesos no processo decisório, e de forma direta ou transversal, adoção de medidas que reduzam os efeitos das mudanças climáticas. A empresa elege seus eixos de atuação nos campos ambiental e social, tendo como premissas os pilares da governança corporativa (responsabilidade corporativa, equidade, prestação de contas e transparência)”

Augusto Cruz, advogado e consultor em governança corporativa, investimento social e ambiental privado e diversidade e inclusão nas empresas, autor do livro “Introdução ao ESG"

Para Mariana Lisbôa, presidente da Associação Baiana das Empresas de Base Florestal (ABAF) e líder global de Relações Corporativas da Suzano S/A, ESG significa produzir em equilíbrio com tudo ao redor: as pessoas, a natureza e as normas que regem o negócio. “Harmonizar as relações que fazem parte desse tripé que é o desafio”, ressalta a executiva, que participará do painel “Agenda ESG em setores econômicos”.

De acordo com Mariana, a Suzano S/A é a primeira empresa no Hemisfério Sul e segunda no mundo a fechar a emissão do ‘sustaintability-linked-bond’, um título atrelado ao atingimento de metas sociais e ambientais. Entre seus compromissos, tem metas a longo prazo, como a remoção de 40 milhões de toneladas de carbono da atmosfera, apoio à retirada de 200 milhões de pessoas da linha da pobreza e oferta de 10 milhões de toneladas de produtos de origem renovável para substituir materiais derivados de plástico e petróleo.

“A implantação da agenda ESG tem que corresponder aos valores de uma empresa, não podem ser apenas um discurso ou ferramenta de divulgação. Na Suzano, ESG é a nossa prática construída nas sucessivas décadas de atuação da empresa; é o que nos inspira e traduz nossos princípios mais relevantes”


Mariana Lisbôa, presidente da Associação Baiana das Empresas de Base Florestal (ABAF) e líder global de Relações Corporativas da Suzano S/A

Pequena sigla com grande significado
ESG, também conhecido como ASG, é uma sigla que significa Environmental, Social and Governance, e consiste nas medidas de práticas ambientais, sociais e de governança.

O termo vem ganhando espaço no cotidiano de analistas, gestores, estrategistas e demais setores empresariais e tem direcionado a forma de atuação de empresas com questões de sustentabilidade, não somente com relação ao meio ambiente, mas também na relação de funcionários e provedores, na atuação para melhorar a sociedade como todo e no tratamento a minorias e diversidade.

Certos acontecimentos recentes trouxeram uma exigência maior de transparência e responsabilidade de envolvimento com a comunidade, como o crescimento dos incêndios na Amazônia; o vazamento de óleo na costa brasileira e até mesmo a pandemia de coronavírus e suas implicações; veio em pauta a importância ambiental, social e de governança.

Segunda edição de “Introdução ao ESG” ganha lançamento
Com a primeira edição lançada e esgotada em um mês, no final do ano passado, a 2ª edição do livro “Introdução ao ESG”, do advogado e escritor Augusto Cruz, será lançada durante o Fórum ESG Salvador. A obra será autografada pelo autor no dia 11, durante o coquetel para convidados que abre a programação do evento.

“Introdução ao ESG” tem o propósito de iniciar o leitor na agenda de ESG (Meio Ambiente, Justiça Social e Governança Corporativa, traduzido do inglês), trazendo conceitos e princípios que podem auxiliar estudantes e profissionais do Direito, Administração de Empresas, Comunicação Social e empresários em geral.

Ao longo dos sete capítulos, o autor apresenta o contexto histórico e conceitual e explica sobre as três letras que compõem a sigla ESG, incluindo as boas práticas a partir do conceito de marketing social e da má prática do greenwashing. A obra está disponível para venda nos sites da Amazon, Livraria Cultura e Asabeça, nos formatos impresso e digital. Quem tiver interesse também poderá adquirir o livro no evento.

O I Fórum ESG Salvador é um projeto realizado pelo Jornal Correio e Alô Alô Bahia com o patrocínio da Acelen, Unipar, Yamana Gold, Bracell, BAMIN, Socializa e Suzano, apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador, apoio da Battre, Termoverde, Terra Forte, Hela, Retec, Ciclick e Larco e parceria de Vini Figueira Gastronomia, Fernanda Brinço Produção e Decoração, Uranus2 e TD Produções.


O Estúdio Correio produz conteúdo sob medida para marcas, em diferentes plataformas.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas