Jornalista vai cobrir acidente e descobre que filho é vítima fatal

brasil
08.06.2022, 11:31:30
Tiago acompanhava o pai nas transmissões (Foto: Reprodução)

Jornalista vai cobrir acidente e descobre que filho é vítima fatal

'Infelizmente tem hora que a gente vai cobrir a morte de familiares, hoje é meu filho', disse Carlos Baldassari

Um jornalista foi cobrir uma batida entre um carro e um caminhão na rodovia SP-255, nas proximidades de Araraquara, quando descobriu que a vítima fatal da colisão era seu próprio filho. O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (8).

Carlos Alberto Baldassari fazia uma live no Facebook e, ao se aproximar do local do acidente, percebeu que o carro envolvido era o de Tiago Cequeto Baldassari, de 32 anos.

Ao notar a presença do filho na batida, a live foi interrompida. Minutos depois, o repórter iniciou uma nova transmissão e confirmou que a vítima era seu filho, que o acompanhava nas apresentações dos programas do canal 'Balda News'.

"Vida de repórter é isso. Muitas pessoas, talvez, não vão entender o momento em que a gente está vivendo aqui na rodovia. Ali está o carro que se envolveu no acidente, o corpo já foi retirado por isso eu estou mostrando para vocês, o caminhão foi parar a cerca de 100 metros ali no acostamento. E vocês se segurem agora porque eu vou dizer quem é o condutor do veículo que perdeu a vida aqui: é meu filho, o Tiago, que fazia comigo todos os dias a apresentação dos programas, as lives e essa manhã a gente veio cobrir o acidente e quando eu cheguei, era meu filho", lamentou.

Tiago deixou a esposa, que estava grávida de três meses, uma filha de 8 anos, os pais e a família.

"Infelizmente, neste mundo que a gente vive da reportagem, tem hora que a gente vai cobrir ocorrências que envolvem familiares. Infelizmente, hoje, é o meu filho. A gente perde o Thiago e que Deus o receba de braços abertos, é um menino bom, de bom coração", completou.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas