Jovem morre ao beber vodca com álcool a 95% na sua festa de 18 anos

mundo
17.11.2014, 10:36:00
Atualizado: 17.11.2014, 10:36:35

Jovem morre ao beber vodca com álcool a 95% na sua festa de 18 anos

Garota foi levada ao hospital em Perth, na Austrália, mas não resistiu

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Nicole bebeu a vodka no dia do seu aniversário
(Foto: Reprodução/Twitter)

Uma jovem morreu após beber vodca polonesa com álcool a 95% na sua própria festa de 18 anos. O caso aconteceu na cidade de Perth, na Austrália.

Segundo  Jornal Courier New, Nicole Bicknell entrou em colapso após tomar alguns shots de Polmos Spirytus Rektyfikowany, considerada uma das bebidas mais fortes do mundo.

A bebida foi oferecida a jovem por um amigo dela. Após ingerir a vodka, a garota foi levada a um hospital próximo, a jovem acabou morrendo. 

A família de Nicole pediu que a bebida seja proibida na Austrália a fim de evitar uma nova tragédia.

A Associação Médica Australiana já havia pedido  há dois anos que a bebida fosse banida do país, mas não foi atendida.

A causa da morte ainda não foi determinada pelos legistas. Mas a família acredita que o motivo foi a ingestão dos shots de Polmos Spirytus Rektyfikowany.

A Woolworths Liquor Group disse ter retirado a bebida polonesa das suas prateleiras, mas a vodka superforte continua sendo vendida em sites especializados.

Reportagem iBahia
Jovem morre ao beber vodca com álcool a 95% na sua festa de 18 anos

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas