Juninho vê jogo ruim contra o Confiança e projeta melhora do Bahia

e.c. bahia
10.03.2020, 18:43:00
Atualizado: 11.03.2020, 12:39:49
Juninho foi titular em todos os jogos do time principal do Bahia no ano (Felipe Oliveira/EC Bahia)

Juninho vê jogo ruim contra o Confiança e projeta melhora do Bahia

Lateral pediu paciência ao torcedor e acredita que o time está em evolução

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Trabalhar e trabalhar. Esse é o caminho indicado pelo lateral Juninho Capixaba para que o Bahia faça partidas mais vistosas. No mês de março o tricolor tem apenas mais duas partidas com seu time principal e a ideia é aproveitar esse intervalo para crescer em desempenho e resultados na temporada.

O buraco no calendário tem explicação: o Bahia foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil após cair para o River e a segunda fase da Copa Sul-Americana só será disputada em maio, quando a fase de grupos da Libertadores acabar.

"Mês de março para nós é muito importante. Teremos tempo para trabalhar, distância maior entre os jogos, a gente não está acostumado. Estamos acostumados a ter jogos quarta e sábado, quarta e domingo. Muito importante esse tempo, para consertar erros e aprimorar algumas coisas", disse o lateral.

Juninho classifica como importante ter esse período de descanso no início da temporada. Acredita que tende a ser positivo para o tricolor e pediu perseverança à torcida porque, em sua avaliação, o futebol do Bahia está evoluindo.

"Acho que temos evoluído bastante, jogo a jogo. Estamos com uma confiança muito boa. O último jogo que fizemos não foi o que esperávamos. Esperávamos um grande jogo. Mas tem jogo que é assim, as coisas não vão acontecer, tem que naturalidade para lidar com eles", disse, sobre a vitória de 1x0 contra o Confiança.

Titular em todos os nove jogos do time principal na temporada, Juninho Capixaba aproveitou para dizer que irá "acontecer mais vezes" esta situação do time não jogar bem, mas que neste momento é preciso um foco em garantir os resultados para seguir progredindo na Copa do Nordeste.

Estranho, hein?!
O próximo compromisso do Bahia é contra o América-RN, pela penúltima rodada da fase de grupos do Nordestão. A partida acontece no sábado (14), às 16h, numa Arena das Dunas que terá portões fechados devido a uma punição que o time potiguar sofreu do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Será a primeira experiência de Juninho Capixaba em um estádio com portões fechados e ele pediu atenção para que o time não caia em um possível marasmo decorrente da ausência de pressão da torcida.

"Nunca tive uma partida com portões fechados. Não sei meus companheiros, mas é um jogo que pode trazer muito marasmo. A gente sempre espera estádio lotado. Para mim, é jogo que pode trazer muito marasmo. E a gente não pode cair nisso", disse em entrevista no CT Evaristo de Macedo.

Caso o Bahia vença seu jogo, o time de Roger Machado confirma a classificação para as quartas de final da Copa do Nordeste. O tricolor é o terceiro colocado do Grupo A com 11 pontos. Quinto colocado na chave, o ABC tem 6 pontos. 

*com supervisão do editor Herbem Gramacho

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas