Justiça determina suspensão do Carnaval de Mairi por causa da seca

bahia
25.02.2017, 10:03:00

Justiça determina suspensão do Carnaval de Mairi por causa da seca

Decisão foi publicada nesta sexta (24) e proíbe que qualquer festejo seja realizado na cidade

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A festa de Carnaval do município de Mairi, no Centro-Norte da Bahia, foi suspensa pela Justiça. Os festejos estavam marcados para começar neste domingo (26) e iriam até a terça-feira (28), mas a pedido do Ministério Público estadual.

Segundo o promotor de Justiça Pablo Almeida, foram levados em consideração os gastos excessivos com a festa e a situação emergencial do Município, que se encontra em estado de calamidade em virtude da seca.

A decisão foi publicada nesta sexta-feira (24), pela juíza Catucha Moreira Gidi, que determinou também que o município se abstenha de realizar quaisquer gastos, repasses e ou contratações referidas ao Carnaval.

Caso a decisão seja descumprida, será cobrada uma multa de de R$ 100 mil. “A atitude dos suplicados atenta contra a supremacia do interesse público, atuando contra o interesse da coletividade”, afirmou o promotor. Ainda de acordo com o promotor, os gastos com a festa ferem também o princípio da indisponibilidade dos bens e do dinheiro público, pelo fato de gasta-lo em interesses contrários ao da sociedade.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas