Justiça manda prender bombeiro que atirou em atendente do McDonald's no Rio

brasil
20.05.2022, 11:08:29
(Foto: Reprodução)

Justiça manda prender bombeiro que atirou em atendente do McDonald's no Rio

Crime aconteceu no início do mês

O bombeiro Paulo César de Souza Albuquerque teve um mandado judicial expedido contra ele, nesta sexta-feira (20). Ele é acusado de atirar no atendente do McDonald's Mateus Domingues Carvalho, de 21 anos, no início do mês, no Rio de Janeiro.

A Polícia também apreendeu um automóvel da marca Mercedez, na casa do militar, informou o jornal Extra. O carro era o mesmo utilizado no dia do crime. O bombeiro ainda não foi localizado e já é considerado foragido.

Na sua decisão, o juiz Gustavo Gomes Kalil, da 4ª Vara Criminal, argumenta que "a prisão é necessária à instrução criminal garantindo a integridade física e psíquica das testemunhas e, especialmente, da vítima sobrevivente, além, por óbvio, dos depoimentos judiciais delas com segurança". Na decisão, o juiz relata ainda que uma das testemunhas afirmou ter medo do acusado.

O crime aconteceu no último dia 9, em loja da Zona Oeste do Rio. O bombeiro atirou à queima-roupa após uma discussão envolvendo um cupom de desconto

A vítima foi operada, recebeu alta e atualmente segue o tratamento em casa. O rapaz precisa de uma bolsa de colostomia por causa dos ferimentos no intestino. Mateus também perdeu o rim esquerdo e chegou a fazer um exame para identificar possíveis lesões por estilhaços de bala que ficaram alojados em seu corpo. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas