Justiça nega habeas corpus a DJ Ivis, que tem cabelo raspado em presídio

em alta
19.07.2021, 16:33:01
Atualizado: 19.07.2021, 16:47:59

Justiça nega habeas corpus a DJ Ivis, que tem cabelo raspado em presídio

Cantor foi encaminhado a unidade prisional onde se recolhem pessoas LGBTs, idosos, cadeirantes e as que respondem à Lei Maria da Penha

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Após ter o habeas corpus negado pela Justiça, Iverson de Souza Araújo, 29, o DJ Ivis, preso na última quarta-feira, 14, após ter vídeo divulgado agredindo a ex-esposa Pamella Holanda, foi encaminhado à Unidade Prisional Irmã Imelda Lima Pontes, em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), onde teve os cabelos raspados.

A negativa do pedido de soltura ocorreu no sábado, 17. O DJ Ivis permanecerá preso por tempo indeterminado à disposição do Poder Judiciário. Ele foi preso após ter vídeo divulgado nas redes sociais pela então esposa Pamella Holanda. O pedido de soltura foi indeferido pelo desembargador Teodoro Silva Santos, titular da Corregedoria Geral de Justiça do Ceará.

Assista ao momento em que ele foi levado para o presídio:

O presídio para o qual o músico foi encaminhado é destinado às populações que potencialmente sofreriam agressões ou represálias no sistema penal ou, ainda, de pessoas vulneráveis: pessoas gays, travestis, bissexuais, idosos, cadeirantes e aqueles que respondem à Lei Maria da Penha.

Vídeos mantidos

Antes dessa negativa, o músico havia tido outra solicitação indeferida pela Justiça. A juíza Maria José Sousa Rosado de Alencar, da Comarca de Fortaleza, negou o pedido do advogado do DJ Ivis para remover o conteúdo em que ele aparece agredindo a ex-mulher. No pedido, realizado no domingo, 11, horas após Pamella publicar as imagens nas redes sociais, o músico incluía ainda que a ex-mulher fosse proibida de comentar sobre o assunto com a imprensa, "principalmente onde citem a filha menor", pedia a solicitação, que foi negada.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas