Klopp aposta em uma recuperação '100%' de Van Dijk após cirurgia

esportes
19.10.2020, 16:04:00
Atualizado: 19.10.2020, 16:05:01
Entrada de Pickford em Van Dijk aconteceu no clássico entre Everton e Liverpool no sábado (17) (Foto: Laurence Griffiths/AFP)

Klopp aposta em uma recuperação '100%' de Van Dijk após cirurgia

Zagueiro sofreu violenta entrada do goleiro Jordan Pickford no clássico do Liverpool contra o Everton

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O técnico do Liverpool, Juergen Klopp, confia em um retorno "100%" do zagueiro Virgil van Dijk, que sofreu grave lesão na partida do Liverpool diante do Everton, após violenta entrada do goleiro Jordan Pickford, sábado (17), no empate por 2 a 2, em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Inglês.

O jogador holandês vai ser submetido a uma cirurgia, que ainda será marcada, e sua recuperação deve demorar oito meses.

"Algumas coisas estão claras. Ele agora ficará fora por um tempo Depois do jogo percebi que ele está forte para enfrentar o desafio da volta. Essas situações são absolutamente inúteis. Você não precisa disso, mas você tem que superar isso e Virgil vai superar, 100%, e hoje (segunda-feira) já é o primeiro dia, se quiserem, da sua recuperação."

Otimista, Klopp afirmou que está em contato direto com Van Dijk. "Estamos em contato. Estamos lá para ele, ele sabe disso e vamos esperar por ele como uma boa esposa espera quando o marido está na prisão." O goleiro Pickford, do Everton, não será punido, pois o lance estava paralisado por causa de impedimento.

Klopp não terá Dijk, mas poderá contar com o meia Naby Keita, livre da covid, para o duelo de quarta-feira (21), pela Liga dos Campeões, diante do Ajax, em duelo de estreia da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Já o volante Thiago Alcantara passará por um teste para saber se está recuperado da pancada do brasileiro Richarlison. "Ele recebeu uma batida, uma batida de verdade", disse o técnico alemão. "Não é nem perto de ser tão sério (como Van Dijk), mas vamos ver se ele estará pronto para quarta-feira."

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas