Lázaro de Mello Brandão, ex-chairman do Bradesco, morre aos 93 anos

brasil
16.10.2019, 09:14:00
Atualizado: 16.10.2019, 09:18:49

Lázaro de Mello Brandão, ex-chairman do Bradesco, morre aos 93 anos

Banqueiro deixou a presidência do conselho de administração há cerca de 2 anos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O ex-chairman do Bradesco Lázaro de Mello Brandão morreu nesta quarta-feira (16) aos 93 anos de idade. Conhecido como "Seu Brandão", ele dedicou 76 anos de sua vida ao banco. Não há mais informações sobre a causa do falecimento. Procurado, o Bradesco confirmou a informação.

O banqueiro deixou a presidência do conselho de administração do Bradesco há cerca de dois anos, quando para seu lugar foi nomeado o até então presidente do banco Luiz Carlos Trabuco Cappi. Brandão estava na cadeira desde fevereiro de 1990.

Lázaro Brandão passou por todas as áreas no banco, fundado por Amador Aguiar. Assumiu a presidência do Bradesco em 1981. Em 1990, passou a acumular o cargo também de presidente do Conselho de Administração.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas