Leão decide hoje, com o River, quem vai à semifinal do Nordestão

esportes
01.04.2017, 06:08:00

Leão decide hoje, com o River, quem vai à semifinal do Nordestão

Rubro-negro tem vantagem e, mesmo com derrota, pode avançar

Jogo em casa, torcida apoiando em massa, vantagem até mesmo de poder perder que, ainda assim classifica. Quando o milagre é grande, o santo desconfia. Sorte que aqui não tem nenhum milagre. Tem trabalho, raça, bola na rede e muita vontade de erguer a taça “Orelhuda” no final de maio. Para isso, o Vitória precisa despachar o River-PI, neste sábado (1º), pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Nordeste, às 16h, no Barradão.

Rubro-negro treina forte para não ser surpreendido contra o River (Foto: Maurícia da Matta/EC Vitória)

Como venceu o jogo de ida, no Piauí, por 3x2, o Leão pode até perder por 2x1 ou 1x0 que, ainda assim, garante vaga na semifinal do torneio. O time piauiense só classifica se vencer por dois gols de diferença. Caso vença por apenas um gol, com placares a partir de 4x3, também passa. Difícil, né?

O desafio do River não é difícil apenas pela questão numérica ou pela quantidade de gols que precisa fazer. O maior problema do time do Piauí é justamente o adversário. O cenário não é animador.

O Vitória tem um desempenho invejável. Desde que começou a temporada, a equipe já soma 19 jogos no ano, com 16 triunfos, dois empates e uma única derrota. Além disso, o time do técnico Argel Fucks está invicto em casa - dos nove jogos que fez, ganhou todos. 

Não para por aí. O ataque merece atenção especial, porque já balançou a rede 39 vezes este ano. Pior (para eles): desses, quatro foram do zagueiro Alan Costa. É bom ter muito respeito.

Mas nada de clima de oba-oba ou já ganhou. O próprio Argel faz questão de deixar todo mundo com os dois pés bem firmes no chão. “Aproveitamento não dá títulos. Nós estamos fazendo nosso trabalho. Isso é uma certeza, fortalece o trabalho, mostra o grupo de jogadores que nós temos. A nossa equipe deu uma prova importante de parte tática, técnica. Fisicamente a equipe está forte. E ponto. Não estamos satisfeitos. Sabemos que temos um caminho a ser percorrido e o melhor está por vir”, avisa ele, que prevê dificuldade no jogo.

Artilheiro do time, com nove gols no ano, Kieza é esperança de gols do Leão (Foto: Maurícia da Matta/EC Vitória)

“Jogo difícil. Não existe jogo ganho. É o que nós vamos fazer. Estamos muito tempo no futebol e sabemos que não é assim. Não podemos relaxar um minuto. Vamos concentrar, focar. Sabemos que demos um passo importante, mas temos que competir com o adversário. A gente vai sentir a mesma pressão que sentiu lá. Parece que foi fácil o jogo, mas não foi não. O jogo de ida foi competitivo, foi difícil, as duas equipes se gladiaram muito. A gente produziu mais que o adversário, teve mais volume de jogo. Mas não acabou ainda a eliminatória. Ainda precisamos pensar nos 90 minutos finais”, avalia.

QUASE IGUAL
O Vitória terá apenas uma mudança para o jogo. O zagueiro Kanu, que cumpriu suspensão na rodada passada, retorna no lugar de Fred. Com isso, o rubro-negro irá a campo com Fernando Miguel, Patric, Alan Costa, Kanu e Geferson; Willian Farias, José Welison, Gabriel Xavier e Cleiton Xavier; David e Kieza.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas