Léo Ceará garantiu 37% dos pontos do Vitória na Série B

e.c. vitória
15.01.2021, 05:00:00
Léo Ceará marcou nos acréscimos contra o Avaí e evitou a derrota (Roberto Zacarias/Mafalda Press )

Léo Ceará garantiu 37% dos pontos do Vitória na Série B

Vice-artilheiro da competição, com 14 gols, centroavante foi decisivo em seis jogos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Desde o início do ano, o torcedor do Vitória sabe quem é o homem de referência do ataque rubro-negro. Léo Ceará foi a primeira opção dos cinco treinadores que passaram pela Toca do Leão. Sempre que esteve à disposição, Geninho, Bruno Pivetti, Eduardo Barroca, Mazola Júnior e Rodrigo Chagas escalaram o centroavante. Para além da performance dentro das quatro linhas, a preferência pelo camisa 9 é explicada em números. 

Goleador do Vitória na temporada, com 18 gols, o atacante vem mostrando bastante produtividade na Série B do Brasileiro. Não à toa, ele é o vice-artilheiro da competição, com 14 tentos anotados. O último deles garantiu, aos 45 minutos do 2º tempo, o empate em 2x2 como Avaí, na quarta-feira (13) passada, no estádio Ressacada, em Florianópolis. Só Caio Dantas, do Sampaio Corrêa, marcou mais, 17 vezes.

Mais do que nunca, o Vitória precisa dos gols de Léo Ceará. Na luta contra o rebaixamento, o Leão ocupa a 16ª posição, com 38 pontos, dois a mais que o Paraná, primeiro time dentro do Z4, na 17ª colocação. O Figueirense tem a mesma pontuação e aparece em 18º lugar. Próximo adversário do Vitória, a Chapecense vive situação bem diferente. Na 2ª colocação na tabela, com 66 pontos, a equipe catarinense luta para chegar à liderança, que hoje é do América-MG, dono de 67 pontos. O jogo acontece no domingo (17), às 16h, no Barradão.  

E por falar em pontuação, Léo Ceará é diretamente responsável por 37% dos pontos conquistados pelo Vitória nesta Série B, já que garantiu o resultado de seis jogos do rubro-negro na competição. Além do empate com o Avaí, ele foi o responsável pelo placar final de outras cinco partidas. Na 6ª rodada, foi dele o gol, aos 22 minutos do 2º tempo, que garantiu o triunfo por 1x0 contra o Paraná. Na 11ª, balançou a rede duas vezes na vitória por 3x1 diante do Oeste. Empatou aos 50 minutos do 1º tempo e virou a partida aos 21 do 2º.

Na 17ª rodada, Léo Ceará garantiu o empate em 1x1 com o Guarani ao abrir o placar do jogo aos oito minutos do 1º tempo. Na 24ª deu números finais ao triunfo por 2x1 contra o CRB ao fechar o placar aos 38 minutos do 1º tempo. Já na 29ª marcou o único gol da vitória por 1x0 diante do Juventude, aos 17 minutos do 1º tempo.

O atacante de 25 anos nunca passou mais de três jogos sem encontrar o caminho do gol e não tem um padrão com relação ao tempo de jogo, mas costuma acertar mais a pontaria no Barradão, já que 10 dos 14 gols marcados foram comemorados dentro de casa. 

Volta por cima
Revelado nas categorias de base da Toca do Leão, Léo Ceará se profissionalizou em 2014, mas só se firmou no Vitória nesta temporada. Naquele ano, disputou uma única partida, válida pela Copa do Nordeste. Em 2015, entrou em campo uma vez pela Copa do Brasil e quatro pela Série B. Em 2016, foi emprestado ao Ryukyu, do Japão. Em 2017, também não ficou na Toca: primeiro defendeu o Campinense e depois o Confiança.

O atacante seguiu no Confiança durante o primeiro semestre de 2018 e retornou à Toca do Leão no segundo, quando foi aproveitado em 17 jogos da Série A. No ano passado, ele permaneceu no rubro-negro até a terceira rodada da Série B e na sequência foi emprestado ao CRB.

No time alagoano, Léo disputou 32 jogos da segunda divisão e foi um dos destaques da equipe ao marcar 12 gols, um deles contra o Vitória, no empate em 2x2, no Barradão. A boa temporada fez a diretoria rubro-negra querer contar com ele em 2020.

Léo Ceará entrou em campo nesta temporada 39 vezes, sendo 37 delas como titular. O atacante poderia ter vestido a camisa vermelha e preta mais vezes se não tivesse sido afastado do elenco em dois momentos, em janeiro e em julho, como medida para pressionar o atacante a renovar o vínculo e impedir que ele saísse de graça do clube. Por lei, qualquer atleta pode assinar um pré-contrato com outra equipe se estiver a seis meses ou menos do final do contrato. 

Em janeiro, o jogador revelado nas categorias de base do Vitória foi rebaixado à equipe de aspirantes. Uma semana depois, a diretoria mudou de ideia e o jogador foi reincorporado ao elenco principal. O centroavante ficou livre para assinar pré-contrato com outro clube desde o início de julho, quando foi novamente afastado do elenco. Na ocasião, Léo Ceará revelou com exclusividade ao CORREIO que o pagamento de luvas era o entrave da negociação. Passou um mês treinando separado, não renovou contrato e chegou a um acordo para ser reintegrado e jogar até o final da Série B.

Os afastamentos fizeram o jogador não disputar três partidas da Copa do Nordeste. Ele ficou fora dos empates com Sport e Botafogo-PB, na fase classificatória, e também da derrota para o Ceará, nas quartas de final, que resultou na eliminação do regional. No retorno do Campeonato Baiano, o elenco principal ficou responsável pelos dois jogos que restaram da fase classificatória e, após empates com Bahia de Feira e Doce Mel, o time amargou a eliminação do estadual. O atacante também não esteve à disposição.

OS GOLS DE LÉO CEARÁ NA SÉRIE B:

3ª rodada - Ponte Preta 3x3 Vitória - Moisés Lucarelli
O Vitória perdia por 2x1, de virada, quando Léo Ceará, aos 36 minutos do 1º tempo, igualou o marcador.

6ª rodada - Vitória 1x0 Paraná - Barradão
Foi dele o gol que garantiu o triunfo, aos 22 minutos do 2º tempo.

8ª rodada - Vitória 4x2 Cuiabá - Barradão
Aos 28 minutos do 1º tempo, o artilheiro abriu o placar do jogo.

11ª rodada - Vitória 3x1 Oeste - Barradão (2x)
Empatou aos 50 minutos do 1º tempo e virou a partida aos 21 do 2º tempo.

17ª rodada - Vitória 1x1 Guarani - Barradão
Garantiu o empate ao abrir o placar aos 8 minutos do 1º tempo.

21ª rodada - Vitória 3x0 Figueirense - Barradão
Fez o segundo gol do jogo aos 22 minutos da etapa inicial.

24ª rodada - Vitória 2x1 CRB - Barradão
Garantiu a vitória ao fechar o placar aos 38 minutos do 1º tempo.

25ª rodada - Paraná 1x4 Vitória - Durival Britto (2x)
Marcou o segundo e o quarto gol do Leão no jogo, aos 23 e aos 46 minutos da etapa final.

26ª rodada - Vitória 2x3 Confiança - Barradão (2x)
Assinou os dois gols do rubro-negro no jogo, aos 18 minutos do 1º tempo e aos 7 do 2º tempo.

29ª rodada - Vitória 1x0 Juventude - Barradão
Garantiu o resultado aos 17 minutos do 1º tempo.

34ª rodada - Avaí 2x2 Vitória - Ressacada
Foi dele o gol que sacramentou o empate aos 45 minutos da etapa final.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas