Léo Ceará retorna ao Vitória valorizado após artilharia no CRB

e.c. vitória
08.12.2019, 20:06:00
Atualizado: 08.12.2019, 20:18:28
Pelo CRB, Léo Ceará enfrentou o Vitória e marcou gol (Tiago Caldas / CORREIO)

Léo Ceará retorna ao Vitória valorizado após artilharia no CRB

Atacante tem contrato até o final de 2020 e por enquanto será aproveitado

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Valorizado. O empréstimo de Léo Ceará ao CRB foi mais do que benéfico ao atacante: foi, também, para o Vitória. Agora, o atleta retorna à Toca do Leão com mais de uma perspectiva boa para o futuro.

O atacante de 24 anos ainda tem contrato com o Leão até o final do ano que vem. Como o empréstimo ao clube alagoano foi até o final desta temporada, Léo Ceará em tese vai se reapresentar na Toca do Leão no dia 2 de janeiro, no início da pré-temporada de 2020.

Até o momento, é o que vai acontecer. Sem receber propostas, o atacante almeja ter novas chances no rubro-negro no ano que vem. “Por enquanto, tivemos apenas sondagens de empresários parceiros, mas não chegou nenhuma proposta oficial para ele. Léo vai cumprir seu contrato”, confirmou o agente do atleta, Bruno Ferreira.

Á perspectiva de ter Léo na próxima temporada é positiva para a equipe de Geninho. No CRB, Léo foi um dos maiores artilheiros da última Série B. Com 14 gols marcados, ficou em terceiro lugar neste quesito, empatado com Roger, da Ponte Preta, Zé Roberto, do São Bento, e Hernane, do Sport.

Guilherme, do Sport, foi o artilheiro com 17. Fábio, do Oeste, ficou em segundo com 15. Léo Ceará alcançou esses números ao ter participado de 32 jogos pela competição, sendo 31 deles como titular.

O atacante foi emprestado ao CRB no dia 15 de maio, à altura da quarta rodada da Série B. No primeiro semestre rubro-negro, sob comando de Marcelo Chamusca e Claudio Tencati, Léo teve desempenho bem abaixo do esperado: três gols em 17 jogos. Criticado pela torcida, acabou entrando na lista de reformulação do elenco promovida pelo presidente Paulo Carneiro.

O problema foi que os centroavantes que chegaram ao Vitória depois também não tiveram um rendimento satisfatório. Neto Baiano marcou apenas um gol em 17 jogos. Anselmo Ramon fez sete em 32 partidas, e Caicedo fez seis em 21 participações.

A outra perspectiva para o Vitória também é positiva. A expectativa é que, com o final da Série A, comecem a aparecer propostas pelo atacante. Assim, o Leão pode melhorar a sua situação financeira ou ganhar reforços numa troca.

Revelado pelo Vitória, Léo já havia sido emprestado para o Confiança, em 2017 e 2018. Lá, ganhou destaque e voltou valorizado, ao ponto de virar titular do Leão na Série A de 2018, pela qual disputou 17 jogos e fez cinco gols.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas