Ligação Iguatemi-Paralela recebe mais três faixas após inauguração de ponte

salvador
09.05.2022, 14:56:00
Via já está liberada (Foto: Betto Jr/ Secom)

Ligação Iguatemi-Paralela recebe mais três faixas após inauguração de ponte

Prefeitura acredita que nova pista vai ajudar a melhorar a fluidez do tráfego  

Os motoristas que trafegam pela Ligação Iguatemi-Paralela (LIP) têm um novo acesso, inaugurado nesta segunda-feira (9). São mais três faixas sobre a nova ponte do Rio Camarajipe, uma estrutura que tem 92 metros de extensão e 16 metros de largura, e que pretende dar maior fluidez ao trânsito, principalmente no horário do rush. O investimento foi de R$ 14 milhões.

A via é a 1ª etapa da Nova Avenida Tancredo Neves, fica nas proximidades do Viaduto dos Rodoviários e foi liberada logo após o ato de inauguração, no final da manhã. Agora, os veículos que vêm da Avenida ACM em direção à Avenida Luís Viana (Paralela) passam a ter uma via própria. A contadora Maria Luiza Antunes, 36 anos, faz esse caminho todos os dias e contou do sufoco.

“Todo mundo sabe que a região do antigo Iguatemi é uma das mais caóticas da cidade. Eu moro no Imbuí e preciso pegar essa via para trabalhar. Quando termino o expediente depois das 17h, desisto de sair logo, prefiro ficar mais tempo na empresa e adiantar o trabalho do dia seguinte, porque a gente perde um tempo absurdo no engarrafamento. Espero que essa via nova ajude a melhorar a situação”, disse.

Inauguração oficial da nova ponte (Foto: Betto Jr/ Secom)

A ponte recebeu pavimentação, microdrenagem, paisagismo, iluminação em LED, guarda-corpo e passeio. A obra durou 19 meses, deveria ter terminado mais cedo, mas foi atrasada pela pandemia. O prefeito Bruno Reis (União Brasil) contou que a LIP foi criada há 28 anos e que a região é uma das mais movimentadas da cidade.

“São cerca de 400 mil automóveis trafegando por aqui diariamente. Isso corresponde a 70% dos veículos que circulam em Salvador, e essa ligação diminui bastante o tempo de deslocamento no principal centro comercial da cidade. A melhoria da mobilidade influi diretamente no tráfego diário de veículos. Para esta intervenção, todo investimento saiu dos cofres municipais, pois Salvador hoje resolve seus problemas por conta própria”, disse.

As outras etapas do projeto incluem uma trincheira bidirecional entre as avenidas Tancredo Neves e Magalhães Neto, que dá acesso à orla de Salvador, e a construção de um viaduto nas imediações da Praça Newton Rique, em frente ao Shopping da Bahia que vai direcionar o fluxo de veículos sentido Rótula do Abacaxi. Está prevista também a duplicação da Rua Marcos Freire.

Maio Amarelo
O prefeito e os demais apoiadores chegaram ao evento usando uma camisa do Movimento Maio Amarelo, uma campanha de conscientização para chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito. Entre janeiro e março deste ano, 16 pessoas perderam a vida em acidentes de trânsito em Salvador. Em 2021, foram 32 ocorrências e, em 2020, 37 óbitos. O titular da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), Fabrizzio Muller, pediu que as pessoas reflitam.

“O Maio Amarelo é um mês de conscientização de toda a população da necessidade de termos ações preventivas e ações de fiscalização para que a gente tenha um trânsito com menos mortes. Desde 2017, Salvador é a cidade com a menor taxa de mortes por 100 mil habitantes”, contou.

A prefeitura informou que a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) está desenvolvendo medidas socioeducativas com objetivo de diminuir o número de acidentes de trânsito na capital baiana. Apesar da queda no número de casos, nos três primeiros meses do ano foram 628 ocorrências. Os gestores destacaram a necessidade de a população dirigir com responsabilidade e de ter mais educação no trânsito.

O projeto da Nova Avenida Tancredo Neves foi desenvolvido em conjunto pela Semob e Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), e executado sob a coordenação da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), por meio da Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop).

Subsídio
Durante o evento, o prefeito voltou a falar da necessidade de subsídio para o transporte público. Sem o recurso, a partir de junho haverá reajuste no valor da passagem em Salvador. O preço passaria de R$ 4,40 para R$ 4,90. Bruno Reis fez um apelo pela aprovação da matéria.

“Semana passada, houve uma reunião com o relator e a expectativa é de que o projeto seja votado nas comissões ainda essa semana e que o subsídio seja aprovado pela Câmara dos Deputados ainda em maio. Sendo aprovado, vamos fazer a articulação junto ao Governo Federal, em especial a Presidência da República, para que o projeto possa ser sancionado. O transporte público está vivendo uma situação grave, houve novos reajustes do diesel e as empresas estão na eminência de entregar os contratos”, disse.

Em fevereiro deste ano, o Senado aprovou o projeto de lei 4.392/2021, que garante o direito à gratuidade nos transportes coletivos urbanos para maiores de 65 anos e, ao mesmo tempo, garante tarifa baixa para os demais usuários. O projeto ainda vai passar por votação na Câmara Federal. Caso seja aprovado, Salvador deverá receber R$ 64 milhões.

A proposta permite que isso seja alcançado sem comprometer o equilíbrio econômico-financeiro dos contratos de concessão do transporte público coletivo. A fonte será os royalties de petróleo. Os recursos serão enviados a fundos que deverão ser criados pelos entes federados, com distribuição proporcional à população maior de 65 anos residente em cada localidade.

O deputado federal Mário Negromonte Júnior (PP) participou do evento e disse que está trabalhando para que o PL seja aprovado até o final do mês. “O projeto vai ajudar os prefeitos a enfrentarem o problema do transporte público, uma realidade em todo o Brasil. O Governo Federal precisa chamar para si a responsabilidade, nem o Governo Estadual e nem o Municipal tem condições de fazer isso”, afirmou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas