Lista: todas as contratações do Vitória na temporada 2021

e.c. vitória
02.10.2021, 06:00:00
Elenco do Vitória reunido com a comissão técnica de Wagner Lopes (Pietro Carpi/EC Vitória)

Lista: todas as contratações do Vitória na temporada 2021

Rubro-negro encerrou ciclo de reforços com o fim do prazo para inscrição na Série B

O Vitória não tem mais a possibilidade de contratar reforços para a reta final da Série B e, com isso, a luta contra o rebaixamento será travada com os jogadores que já estão na Toca do Leão. As inscrições de jogadores foram encerradas na quinta-feira (30).

Entre os 21 atletas contratados pelo clube na temporada, Fabinho foi quem chegou por último. O atacante de 21 anos é vinculado ao Athletico-PR e estava na Chapecoense. Trata-se de uma aposta para um dos setores mais debilitados do time.

O Vitória tem o segundo pior ataque da Série B, com 18 gols após 27 rodadas. Somente o Brasil de Pelotas, lanterna da competição e praticamente já rebaixado, tem pior desempenho ofensivo, com 15 gols. Foram 11 atacantes contratados pelo rubro-negro este ano e nenhum se transformou em 'homem-gol'. Deles, Walter, Aníbal Vega e Ygor Catatau já não fazem mais parte do elenco.

Enquanto o ataque foi o setor com mais caras novas, nenhuma chegou para ficar no gol. Os pratas da casa Lucas Arcanjo, Ronaldo e Caíque são os goleiros do elenco principal. 

Em alta
Entre os jogadores contratados, quatro se destacam pelo que entregaram e por terem conseguido se firmar no time. O lateral direito Raul Prata foi titular com todos os três técnicos que treinaram o Vitória no ano. Apesar de ter sofrido com lesões, o jogador de 34 anos atuou em 22 jogos, 20 deles como titular. 

Na lateral esquerda, Roberto demorou a ganhar espaço, mas assumiu a titularidade antes mesmo de Pedrinho se transferir para o Athletico-PR. Também veterano, o atleta de 30 anos atuou em 35 jogos, 27 deles como titular. Na última rodada, quando o Leão empatou em 0x0 com o Botafogo, ele foi aproveitado pelo técnico Wagner Lopes no ataque. 

O uruguaio Pablo Siles nunca tinha atuado no futebol brasileiro, mas se adptou rápido. Aos 24 anos, ele ainda apresenta algumas oscilações, mas defendeu o Vitória em 24 jogos, 23 deles como titular, e marcou dois gols. 

Último a chegar à Toca do Leão dos quatro, Marcinho virou homem de confiança do técnico Wagner Lopes e é titular absoluto. Sem espaço no Botafogo, o atacante de 26 anos foi contratado em agosto e de lá pra cá vestiu a camisa rubro-negra em 11 partidas. Anotou dois gols. 

Em baixa 
O lateral direito Gabriel Inocêncio está entre as contratações mais equivocadas na temporada. Vindo do São Bento, ele estreou como titular em junho, não agradou e só entrou no decorrer de outros dois jogos. Assim como o atacante Wesley Pionteck, 26 anos, que teve muito mais chances e não encontrou o caminho da rede em nenhuma delas. Começou em campo em nove dos 16 jogos que fez.

Outros dois atacantes mais novos também não tiveram sucesso. Guilherme Santos, 20 anos, disputou 18 jogos e fez um gol. A última vez que ele foi relacionado para uma partida foi na 18ª rodada. De mesma idade, Samuel Granada está ausente desde a 16ª. Ele fez só cinco partidas com a camisa vermelha e preta - e nenhum gol.

Não jogou
Dos 21 jogadores contratados nesta temporada, um ainda não entrou em campo. O meia Sérgio Mota foi anunciado no começo de agosto, junto com o atacante Marcinho, mas sofreu com lesões e não foi utilizado pelo técnico Wagner Lopes.


Todas as contratações do Vitória na temporada 2021: 

Goleiros
--

Laterais
Raul Prata
Gabriel Inocêncio
Roberto
Renan Luís

Zagueiros
Marcelo Alves
Thalisson Kelven

Volantes
João Pedro
Pablo Siles

Meias
Bruno Oliveira
Sérgio Mota

Atacantes
Walter
Aníbal Vega
Ygor Catatau
Wesley
Guilherme Santos
Samuel Granada
Dinei
Ronan
Marcinho
Manoel
Fabinho

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas