Loja da Xiaomi em Salvador já tem data de inauguração: saiba qual é

ivan dias marques
27.10.2021, 16:19:00
Atualizado: 27.10.2021, 16:25:49

Loja da Xiaomi em Salvador já tem data de inauguração: saiba qual é

A Xiaomi já tem data para inauguração pficial de sua loja em Salvador. O local, que ficará no Salvador Shopping, é a primeira da marca chinesa no Nordeste e faz parte de um projeto de expansão da Xiaomi no país. Em entrevista exclusiva à coluna, Luciano Brabosa, head do Projeto Xiaomi Brasil, e Thiago Araripe, gerente de marketing da Xiaomi Brasil, revelaram as datas, falaram sobre a relação com os fãs e sobre um assunto que os consumidores têm dúvidas: assistência técnica.

De acordo com Barbosa não será um dia de inauguração da loja e, sim, três! “ Será no dia 10 de dezembro, uma sexta-feira. Como estamos esperando um fluxo maior, vamos fazer sexta (10/12), sábado (11/12) e domingo (12/12). Mediante o sistema de agendamento, que a gente vai conseguir controlar certinho a chegada de pessoas por conta do momento que vivemos”, afirmou ao CORREIO.

A loja terá todo o portfólio de produtos da marca chinesa, com variedade de cores e opcionais. “Todas as variações que temos. Apresentaremos na loja para que a experiência seja a melhor possível. Nosso foco é sempre prover uma boa experiência para clientes e amantes”, garante. Novos produtos, que ainda serão lançados no Brasil, também estão assegurados na loja na capital baiana.

Além de 100% do portfólio, a Xiaomi vai expor alguns de seus gadgets mais interessantes, mundialmente falando, mesmo eles estando fora do catálogo nacional. “A gente leva para as inaugurações alguns produtos de amostra que não tem no nosso mercado, mas que a gente sabe que as pessoas adoram ver, como o Mi Max 4, fica lá em exposição. Provavelmente vamos levar o Fold, nosso primeiro celular dobrável, e também a menina dos olhos: nossa TV transparente”, complementa Araripe. 

Araripe revela que durante os três dias de inauguração, haverá promoções e também distribuição de brindes da marca e conta como a Xiaomi lida com seus fãs, os chamados ‘xiaominions’ ou ‘testemunhas de Xiaomi’. “Nossa relação com os ‘Mi Fans’ é muito próxima, a gente faz questão de interagir com eles, conversar, fazer piada. São muito apaixonados, mas são muito críticos também. E muitas a gente ouve e acata, de verdade. Fazemos questão que o Mi Fan, o nosso querido ‘testemunha de Xiaomi’, ele saiba que está sendo ouvido”, diz o gerente de marketing. “Nós temos esse canal de retorno muito aberto e muito ativo. A comunicação é dos dois lados”, adiciona Barbosa.

Sobre assistência técnica, o head do Projeto Xiaomi Brasil explica que os produtos comprados nas lojas conceito da Xiaomi que apresentarem problema podem ser enviados para assistência técnica na própria loja. “A gente tem um serviço em que não cobramos nada. Se o produto comprado lá na loja do Salvador Shopping der defeito, ele vai lá com o smartphone, por exemplo, deixa lá, a gente manda para o reparo e deixa um outro com ele. O cliente não fica na mão”, assegura.

Os produtos comprados em outros locais têm a assistência centralizada em Minas Gerais. “É onde a garante a melhor qualidade. Não vamos terceirizar porque queremos garantir cada detalhe”, explica Barbosa.
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas