Ludmilla rebate vereadora que a chamou de maconheira: 'Olha que dá processo'

em alta
08.10.2020, 11:39:33
Atualizado: 08.10.2020, 11:41:34
Ludmilla durante o clipe de 'Verdinha' (Foto: Reprodução)

Ludmilla rebate vereadora que a chamou de maconheira: 'Olha que dá processo'

Eliza Virgínia pediu prisão da artista por 'apologia às drogas'

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Ludmilla respondeu, através de seu Twitter, a vereadora de João Pessoa (PB) Eliza Virgínia (PP) que a chamou de 'maconheira e criminosa', além de pedir sua prisão afirmando que a cantora faz indução e apologia às drogas.

"Ué gente! Desde quando chamar alguém de maconheiro é xingamento? O que eu tenho certeza é que usar a imagem indevida de outras pessoas dá processo. Olha que dá, hein”, escreveu a cantora em seu perfil.

A vereadora mencionou Ludmilla em dois momentos durante uma discussão sobre um auxílio emergencial para profissionais da cultura. Durante uma de suas falas, afirmou:

“Eu espero que esse auxílio seja destinado a verdadeiros artistas, e não por exemplo para artistas que ficam nus nos museus, não por exemplo para artistas que fumam maconha, como a maconheira da Ludmilla”.

Mais tarde, Eliza Virginia compartilhou um vídeo em seu perfil no Instagram com seu discurso, usando trechos de Ludmilla no clipe de Verdinha e os dizeres "Ludmilla, a sua máscara que vai cair" e completou na legenda: "Induzir alguém ou fazer apologia ao uso de drogas é crime."

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas