Lutador de wrestling é morto com facada em briga de trânsito na Paraíba

brasil
18.10.2020, 10:34:00
Atualizado: 18.10.2020, 10:47:58

Lutador de wrestling é morto com facada em briga de trânsito na Paraíba

Tássio Felipe dos Anjos Lima tinha 33 anos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

(Foto: Reprodução)

O lutador Tássio Felipe dos Anjos Lima, considerado um dos pioneiros da luta livre na Paraíba, morreu aos 33 anos. Ele foi esfaqueado durante uma briga de trânsito neste domingo (18) em Lucena (PB) e acabou não resistindo aos ferimentos.

Segundo o Uol, Tássio estava com os pais indo para o mercado. O veículo deles acabou fechando um motoqueiro, que não gostou, e começou uma discussão.

Na briga, Tassio chegou a dar um mata-leão no motoqueiro. O pai pediu que ele soltasse o rapaz antes que este ficasse inconsciente. Nesse momento, o motoqueiro pegou uma faca e atingiu Tássio, que ficou ferido na região do coração.

Tássio conquistou a medalha de prata na categoria até 80kg do estilo greco-romano do Brasileiro Sênio de 2014. Ele também chegou a disputar lutas de MMA no Nordeste.

A Confederação Brasileira de Wrestling divulgou nota lamentando a perda do atleta. "A Confederação Brasileira de Wrestling lamenta o falecimento de Tássio Felipe dos Anjos Lima, medalhista nacional e um dos pioneiros do esporte no estado nordestino. Neste momento de dor, a CBW presta suas condolências aos amigos, familiares e todos que tiveram a oportunidade de conhecer Tássio", diz o comunicado.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas