Mãe de doméstica infectada é terceiro caso confirmado de coronavírus na Bahia

bahia
11.03.2020, 17:42:00
Atualizado: 11.03.2020, 20:36:27

Mãe de doméstica infectada é terceiro caso confirmado de coronavírus na Bahia

Todos os casos são de Feira de Santana; 1ª paciente deixou isolamento nesta quarta

O terceiro caso de coronavírus na Bahia foi confirmado nesta quarta-feira (11). A paciente de 68 anos também é de Feira de Santana, no Centro Norte baiano, e teve contato domiciliar com a segunda paciente confirmada com covid-19.

A informação foi confirmada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) logo após a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretar pandemia do novo coronavírus.

A nova paciente, que é mãe da empregada doméstica infectada pela patroa, está com sintomas leves e ficará em isolamento domiciliar por duas semanas, adotando as medidas de precaução de contato.

Este é o segundo caso de transmissão local do vírus, que já é considerado circulante no estado. As amostras foram coletadas na própria residência da paciente e analisadas pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA), que a partir desta semana foi autorizado a realizar os exames para detectar diretamente o covid-19, sem necessidade de contraprova em laboratório de referência nacional. 

De acordo com o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, as enfermarias podem receber mais equipamentos e serem transformadas em leitos de terapia intensiva caso seja necessário.

“O Estado tem trabalhado no sentido de entender como a epidemia tem se comportado e tentar diminuir a possibilidade de transmissão da doença”, afirma o titular da Sesab.

Outros casos na Bahia
O primeiro caso de coronavírus confirmado na Bahia foi de uma mulher de 34 anos, residente na cidade de Feira, que viajou para as cidades de Milão e Roma, na Itália, e retornou no dia 25 de fevereiro. A paciente circulou por três dias na capital até procurar atendimento no Hospital Cardio Pulmonar, na Avenida Garibaldi, em Salvador.

A mulher acabou infectando a empregada que trabalha na sua casa, uma mulher de 42 anos, confirmada como o segundo caso da doença na Bahia - o primeiro de transmissão local.

A primeira paciente saiu do período de isolamento nesta quarta-feira (11), enquanto a segunda está sem sintomas e entra no seu oitavo dia de observação. Ao todo, ambas cumprirão 14 dias de isolamento.

As pacientes confirmadas para o coronavírus seguem sendo monitoradas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA) em conjunto com a Vigilância Municipal de Feira de Santana.

Notificações
De janeiro até às 17 horas de hoje (11), a Bahia registrou 187 casos notificados com suspeita de corionavírus, sendo três confirmados, todos em Feira de Santana. Outros 133 foram descartados e 51 aguardam análise laboratorial.  

Ao todo, 25 municípios da Bahia fizeram notificações oficiais ao Cievs-BA. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas