Mais de 100 jumentos morrem na Bahia após doença causada por maus-tratos

bahia
15.02.2019, 11:00:00
Atualizado: 15.02.2019, 21:12:34
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Mais de 100 jumentos morrem na Bahia após doença causada por maus-tratos

Com essas mortes, sobe para 300 o número de jumentos mortos em fazenda de chineses

O Correio oferece acesso livre a todas as notícias relacionadas ao coronavírus. Entendemos que informação séria e confiável é importante nesse momento. Colabore para que isso continue. Assine o Correio.


Uma doença metabólica sem cura e desenvolvida por causa dos maus-tratos já matou mais de 100 jumentos dos cerca de 800 encontrados há quase duas semanas em um confinamento ilegal, na zona rural de Canudos, no centro-norte da Bahia.

Com anuência do Ministério Público da Bahia, os animais estão há uma semana sob a tutela do Fórum Nacional de Proteção Animal, entidade que tem sede em São Paulo e da qual participam diversas ONGs de proteção aos direitos dos animais.

Com essas mortes, sobe para 300 o número de jumentos mortos na fazenda, onde dois chineses mantinham os animais para depois levá-los para o abate. Os orientais foram multados pela Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) em R$ 40 mil por realizar o transporte ilegal dos bichos.

Segundo a bióloga Patrícia Tatemoto, representante no Brasil da The Donkey Sanctuary, ONG britânica que atua de forma global na defesa dos jumentos, a doença que afeta os animais é conhecida como hiperlipemia e há risco de mais mortes.

“Os sinais clínicos são a prostração, e o animal vem a óbito”, disse a bióloga. “Os animais continuam morrendo em decorrência dos crimes de maus-tratos que sofreram quando estavam sob a responsabilidade dos antigos tutores”.

Por não ter cura, há previsão de que mais animais morram, mesmo eles já estando se alimentando. “Se não fosse a nossa intervenção, certamente a situação estaria muito pior devido a essa doença metabólica”, afirmou Patrícia.

A bióloga informou que a alimentação dos animais é fornecida de forma adequada e foi reorganizada com base nas recomendações de especialistas em nutrição de asininos da Universidade de São Paulo e da Universidade Federal da Bahia.

Ainda segundo ela, a água “não era o problema mais crítico, conforme atestaram veterinários e o proprietário da fazenda, mas ontem finalmente chegaram duas caixas d'água de mil litros cada, até que possamos construir bebedouros adequados de alvenaria”.

Para cuidar dos animais, a Frente Nacional de Proteção Animal está fazendo arrecadações por meio de doações. O curso mensal estimado para cuidar dos jumentos é de pelo menos R$ 50 mil.

Uma campanha é realizada na internet para arrecadar fundos e custear o arrendamento rural, empregados, alimentação, água, veterinários, castrações, remédios, vacinas, exames e transporte para adoções, as quais ocorrerão quando os animais estiverem bem de saúde.

O endereço para doação é https://www.catarse.me/salvem-os-jumentos. E quem tiver interesse em adotar um animal, pode entrar em contato com a Frente Nacional de Proteção Animal, por meio das redes sociais, para fazer o cadastro.

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cronista-da-velha-sao-salvador-riachao-imprimiu-marca-pessoal-no-samba/
Cantor e compositor morreu na madrugada de segunda-feira (30), aos 98 anos
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/com-musica-dedicada-a-babu-baco-exu-do-blues-lanca-novo-album/
Com 9 músicas, incluindo faixas com críticas a Bolsonaro, EP foi disponibilizado nesta segunda-feira (30)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/itau-cultural-lanca-webserie-gratuita-sobre-preconceito-violencia-e-desigualdade/
Nos primeiros episódios, Novo Mundo traz depoimentos de pastores evangélicos e é opção de reflexão nos dias de quarentena
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/salvador-unida-das-janelas-moradores-cantam-parabens-para-salvador/
O CORREIO convidou e soteropolitanos confinados aderiram ao aniversário coletivo de 471 anos da capital
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/gusttavo-lima-quebra-recorde-do-youtube-com-live-direto-de-sua-casa/
Foram 5h de show, 750 mil acessos simultâneos e 10 milhões de visualizações
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/coronavirus-sindico-instala-pia-na-entrada-de-predio-para-ajudar-vizinhos-idosos/
Espanhol radicado na Bahia decidiu ajudar na higiene no prédio que é síndico em Salvador
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/a-fe-nao-costuma-faia-como-manter-a-religiao-em-isolamento/
O amparo na religiosidade é a salvação para muitos soteropolitanos; tecnologia é aliada
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/janelas-da-quarentena-do-dj-ao-saxofone-vizinhos-transformam-isolamento-em-uniao/
Baiano é outro nível... Nos últimos dias, movimento tomou conta de Salvador: tem até Carnaval dentro de casa; confira
Ler Mais