Mais de 1,7 milhão de pessoas já recadastraram cartão SUS em Salvador

salvador
17.09.2020, 14:26:00
Atualizado: 17.09.2020, 14:28:10
(Arisson Marinho/Arquivo CORREIO)

Mais de 1,7 milhão de pessoas já recadastraram cartão SUS em Salvador

Prazo se encerra no dia 30 deste mês; veja como se recadastrar

A duas semanas do fim do prazo, mais de 1,7 milhão de moradores de Salvador já fizeram o recadastramento obrigatório do cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Cerca de 1 milhão deste total foram feitas pelo site até esta quinta-feira, ferramenta disponibilizada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para facilitar o processo. As demais foram feitas presencialmente em postos de saúde.

O prazo para realizar o procedimento termina no dia 30 de setembro, depois de uma prorrogação da prefeitura por conta de problemas técnicos no site. “Prorrogamos o período aliado com a implantação do site para suprir a alta procura da população em nossas unidades de saúde, visando que dar mais comodidade para as pessoas, que poderão fazer a atualização sem a necessidade de deslocamento, bem como evitar possíveis aglomerações. Estamos atentos todos os dias as demandas e realizando todas as manutenções nos sistemas para que tudo possa ser feito dentro do previsto”, diz o secretário municipal de saúde, Leo Prates.

Também é possível se recadastrar de forma presencial em uma das 152 unidades básicas da rede municipal, com o agente comunitário de saúde. Deve ser informarmado o RG ou certidão de nascimento, CPF ou cartão SUS e o comprovante de residência em nome do usuário ou de algum parente de primeiro grau.

É possível também que uma pessoa da família realize o cadastro dos demais moradores, caso apresente toda documentação. A validação do cadastro será realizada após acesso à unidade de saúde.

A medida segue determinação do governo federal, que instituiu um novo modelo de financiamento para a Atenção Primária, sendo o cadastramento a principal estratégia de transferência de recursos da União para as prefeituras.

Toda a população deve ser cadastrada, até mesmo as pessoas que possuem plano de saúde e aqueles usuários que não utilizam com frequência as unidades municipais. As pessoas que já possuem cadastro realizado pelo agente comunitário não precisam realizar novamente.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas