Marcelo Chamusca é o novo técnico do Vitória

e.c. vitória
06.12.2018, 21:33:00
Atualizado: 07.12.2018, 08:01:18
Marcelo Chamusca levou o Ceará para a primeira divisão em 2017 (Foto: Ceará/Divulgação)

Marcelo Chamusca é o novo técnico do Vitória

Contratação foi anunciada pelo clube na noite desta quinta-feira (6)

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Vitória já tem técnico para 2019 e ele é Marcelo Chamusca. O soteropolitano de 52 anos chega com o currículo pretendido pelo Leão: conquistou o acesso à Série A com o Ceará em 2017, além de já ter subido o Guarani para a Série B em 2016 e o Salgueiro-PE para a Série C em 2013. Além disso, gosta de trabalhar com a divisão de base.

A contratação foi anunciada pelo Vitória na noite desta quinta-feira (6) e não deixa de ser uma surpresa, considerando que Chamusca havia sido anunciado como treinador do Oeste no início da semana. O vínculo com o rubro-negro é até o final de 2019.



Irmão de Péricles Chamusca, que já treinou o Vitória nos anos 90 e no início dos anos 2000, Marcelo foi campeão cearense neste ano, também pelo Ceará, e campeão paraense de 2017, com o Paysandu. 

Seu último clube foi a Ponte Preta, na Série B 2018, mas acabou demitido depois de cinco jogos, sendo três empates e duas derrotas. O retrospecto ruim na Macaca contrasta com os trabalhos anteriores do treinador, em que teve mais de 60% de aproveitamento: Fortaleza (2014/15), Sampaio Corrêa (2016), Guarani (2016) e, sobretudo, no Ceará (2017/18). No Paysandu, onde esteve em 2017, ficou perto disso: 56%.

Iniciou o Brasileirão deste ano no comando do Vozão - a quem tinha levado para as semifinais da Copa do Nordeste -, mas acabou demitido após uma derrota, coincidentemente, para o Vitória, no Barradão, em maio.  Chamusca, inclusive, começou como treinador nas divisões de base do rubro-negro, no final dos anos 90. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas