Marcinho é o único atacante a fazer gol após Wagner Lopes assumir o Vitória

e.c. vitória
14.09.2021, 05:00:00
Atacante Marcinho comemorou dois gols com a camisa do Vitória na Série B (EC Vitória/Divulgação )

Marcinho é o único atacante a fazer gol após Wagner Lopes assumir o Vitória

Jogador se firma no time em pouco mais de um mês na Toca do Leão

Ele foi o primeiro e o último a balançar a rede para o Vitória desde a chegada de Wagner Lopes à Toca do Leão. Marcinho vestiu a camisa vermelha e preta três dias após ter a contratação oficializada pelo clube e não saiu mais do time. Titular nas últimas oito rodadas da Série B, ele se tornou homem de confiança do treinador. Não à toa.

Marcinho foi o único atacante a encontrar o caminho da rede desde a estreia do técnico. Ele garantiu o empate de 1x1 com o CRB, na 18ª rodada, e marcou também na derrota por 2x1 para o Remo, na última sexta-feira, ambas as partidas disputadas no Barradão. Os outros três gols marcados pelo Vitória nesse período foram assinados pelo zagueiro Mateus Moraes e pelos meias Soares e Bruno Oliveira.

Aos 26 anos, o atacante está no Vitória emprestado pelo Botafogo, onde estava tendo poucas oportunidades. Antes de chegar à Toca, ele havia disputado 16 jogos pelo clube carioca no ano – sem nenhum gol.

Artilheiro do Leão na temporada, com nove, Samuel também foi titular nos seis jogos dirigidos por Wagner Lopes, mas ainda não balançou a rede. Os dois gols marcados pelo centroavante na Série B foram comemorados uma rodada antes da chegada do treinador, no empate em 2x2 com o Cruzeiro, em Belo Horizonte. Na ocasião, o auxiliar técnico Ricardo Amadeu esteve à beira do campo.

David completou o trio de ataque titular diante do Remo. Ele entrou em campo cinco vezes com Wagner Lopes e ainda não marcou gol. Aliás, faz dois meses que David não acerta o caminho da rede. A última vez foi em 14 de julho, no empate em 2x2 com o Sampaio Corrêa, na 11ª rodada, quando o time era treinado por Ramon Menezes. Além desse, ele fez um na 5ª rodada, na vitória por 3x1 contra o Brusque, próximo adversário rubro-negro. A bola rola na sexta-feira (17), às 16h, na cidade de Brusque, em Santa Catarina.

O setor ofensivo enfrenta dificuldades nesta Série B. Ao lado do Operário, o Leão é dono do quarto pior ataque da competição, com 18 gols marcados. Só é melhor que Brasil de Pelotas, com 14, Vila Nova e Londrina, com 16.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas