Matrículas abertas: escolas públicas e particulares se preparam para o próximo ano letivo 

estúdio correio
23.09.2021, 06:00:00
Protocolos sanitários têm marcado retorno das aulas presenciais em escolas de Salvador e Região Metropolitana (Foto: Divulgação/Villa Global Education)
Estúdio Correio -

Matrículas abertas: escolas públicas e particulares se preparam para o próximo ano letivo 

Com o avanço da vacinação, retorno gradual às atividades escolares presenciais foi iniciado

A pandemia de Covid-19 modificou estilos de vida e rotinas. Com a rede escolar não foi diferente. Desde 2019, o novo coronavírus impôs o ensino remoto a milhares de estudantes baianos. Porém, com o avanço da vacinação e a diminuição no número de mortes e casos da doença, o retorno gradual às atividades escolares presenciais foi iniciado no estado, tanto nas instituições públicas quanto nas particulares. 

Na rede pública de Salvador, as aulas semipresenciais voltaram em agosto, com parte dos alunos na escola e outra de forma online, em casa. Na rede estadual, o ensino híbrido começou em julho. Já as instituições particulares foram autorizadas a receber os estudantes presencialmente desde maio, com protocolos estabelecidos pela prefeitura.  

Segurança 
Além de protocolos gerais, como o uso obrigatório de máscaras, escolas públicas e particulares de Salvador têm seguido orientações publicadas em decreto municipal Nº 33.812, de 24 de abril, que determina itens como a organização de horários de acesso para evitar aglomerações, utilização de copos ou garrafas individuais ou descartáveis em bebedouros e atuação ao confirmar Covid-19 ou caso suspeitos no ambiente escolar.

A Rede Salesiana da Bahia, que possui quase 4 mil alunos distribuídos em duas unidades - Colégio Salesiano Dom Bosco, na Paralela, e Liceu Salesiano do Salvador, no bairro de Nazaré – retornou às aulas presenciais gradativamente a partir de maio deste ano, seguindo também planejamento próprio de segurança desenvolvido por um infectologista, que acolhe e atualiza o documento com base em evidências técnicas e científicas publicadas por outros órgãos, como Organização Mundial da Saúde (OMS), Ministério da Saúde (MS), Ministério da Educação (MEC) e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA). 

“Foi elaborado um documento contendo orientações para todo o nosso público interno, inclusive pais de alunos. Este é produto de pesquisa rigorosa e leva em conta a intersetorialidade, integração e articulação, considerando aspectos educativo-pastoral, sócioemocionais, pedagógicos, sanitários, de saúde e segurança, visando disponibilizar um instrumento para a avaliação de riscos, descrever orientações sobre as medidas de distanciamento social, considerando nossos cenários locais, além de nortear o planejamento de ações”, conta Cristina França, gestora pedagógica do Colégio Salesiano Dom Bosco.  

Outra instituição de ensino particular que foi além para cumprir as exigências oficiais é o Villa Global Education, que desde julho de 2020 já tinha protocolos sanitários prontos para a reabertura dos endereços na Avenida Paralela e no Litoral Norte. Com cerca de 1.100 alunos nas duas unidades, a escola adota medidas adicionais, como uma maior frequência da higienização dos ambientes, lavatórios extra, divisórias nas mesas dos restaurantes e da biblioteca, além da instalação de dispensers de álcool em gel.  

“Além de tudo isso, a estrutura da escola já possui acabamento similar ao dos hospitais, com paredes revestidas de painéis melamínicos e os pisos em material vinílico, o que permite uma perfeita assepsia e sanitização, além do sistema de renovação de oxigênio por meio dos condicionadores de ar, características que tornam o ambiente mais seguro para a retomada presencial durante a pandemia. Uma pesquisa diária de saúde também é realizada para o acompanhamento de quem frequenta a escola. Funcionamos em regime de bolha, ou seja, os grupos utilizam os espaços em horários diferentes e não se encontram, assegurando e facilitando o acompanhamento individual dos alunos e colaboradores, promovendo agilidade na tomada de decisões”, detalha Viviane Brito, CEO do Villa Global Education. 

Ensino e matrícula para 2022 
A matrícula para o próximo ano letivo nas redes municipal e estadual de ensino devem acontecer de forma automática para quem já é aluno. Para os novos ou aqueles que farão transferências, uma nova orientação será divulgada. Há expectativa de retorno pleno das aulas presenciais a partir de outubro nas escolas públicas do estado, caso indicativos da covid-19 continuem em queda, de acordo com declaração dada pelo Governador Rui Costa. 

As escolas particulares vêm seguindo calendários individuais. O  Villa Global Education, por exemplo, tem acolhido seus alunos que optam pelo ensino 100% presencial, com matrículas no site www.campusvilla.com.br. Para o próximo ano, a instituição dará continuidade à implantação do Novo Ensino Médio, além de ter renovado a parceria com a Missouri University no High School, o que garante uma formação com perspectiva multicultural, plurilíngue e alinhada às organizações escolares de referência no mundo. 

A implantação do Novo Ensino Médio também está no planejamento da Rede Salesiana da Bahia. Com melhorias estruturais previstas, a instituição oferece aulas 100% presenciais para as turmas do segmento Infantil e Fundamental 1. Para o Fundamental 2 e Ensino Médio, atualmente no formato híbrido, os colégios já estão se preparando para garantir essa estrutura. Em relação ao calendário de matrículas para 2022, o processo de entrevistas para novos alunos e agendamentos de visitas presenciais nas suas unidades já está acontecendo no site www.matricula.salesianosbahia.com.br. 

Principais itens do Decreto Municipal Nº 33.812:
- Regras para prestadores de serviço - somente realizar serviços em sala de aula sem aluno, exceto em casos emergenciais;
- Bebedouros - usar copos ou garrafas individuais ou descartáveis;
- Organização de horários e acesso para evitar aglomerações;
- Lanchonetes, refeitórios e restaurantes - recomendado uso de kits individuais;
- Áreas comuns – devem ser higienizadas diariamente, de forma regular para garantir a segurança;
- Confirmação ou suspeita de casos de Covid-19 - orientação de identificação, prazos de isolamento, critérios para retorno do suspeito ou infectado.


O Estúdio Correio produz conteúdo sob medida para marcas, em diferentes plataformas.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas