Memorial das baianas de acarajé será reformado no Centro Histórico

salvador
20.08.2021, 11:44:00
(Betto Jr/Secom)

Memorial das baianas de acarajé será reformado no Centro Histórico

Espaço guarda a memória de um dos símbolos da Bahia e do Brasil

Elas são o símbolo da Bahia e são responsáveis por produzir o bolinho mais famoso de Salvador. As baianas de acarajé receberam um presente do poder público, nesta sexta-feira (20), a reforma do espaço que homenageia essa que é uma das principais categorias de profissionais do país, conhecida internacionalmente.

O prefeito Bruno Reis assinou a ordem de serviço para a reforma do Memorial das Baianas de Acarajé, espaço expositivo dedicado à tradição, à história e aos valores das quituteiras. Ele disse que a obra é uma valorização da importância cultural dessas trabalhadoras.

"Essa reforma vai resgatar e valorizar ainda mais a nossa história e nossa cultura. A baiana de acarajé é um dos nossos principais símbolos da cultura.Vamos investir quase R$ 400 mil nesse memorial que retrata a história dos produtos, e a toda a importância da baiana de acarajé para cultura do soteropolitano. Essa é mais uma obra se soma a outras para tornar essa região mais atrativa para nós, soteropolitanos, e para as pessoas que vem de outros lugares", afirmou. 

O Memorial fica ao lado do Monumento da Cruz Caída, na Praça da Sé, e é um dos pontos turísticos da cidade. O local está degradado, mas a prefeitura promete que vai melhorar e valorizar toda a estrutura do espaço. O projeto foi desenvolvido pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF). 

A coordenadora do Memorial, Tânia Pereira, contou que infiltrações e cupins estão corroendo a estrutura, e reclamou da insegurança. O espaço foi arrombado algumas vezes. Ela também fez um pedido.

“As dificuldades são muitas. Se a gente não cuida não temos como preservar. Nós não temos condições de assumir uma reforma desse porte, então, essa iniciativa está chegando em um bom momento. O que a gente precisa também é que tenha uma manutenção, porque sem manutenção o trabalho vai por água abaixo”, disse.

A obra vai durar três meses e algumas das intervenções serão a reforma da cobertura, complementação em laje pré-moldada, e melhorias no revestimento das paredes, no piso e nos forros. Além disso, haverá nova pintura, instalação de esquadrias de madeira, metálica e vidro. 

O município garante que a revitalização e reforma do memorial está em alinhamento com a política nacional do turismo e contribuirá para o desenvolvimento e fortalecimento do setor, enaltecendo e divulgando um ícone da cultura nacional.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas