Mercado para redatores cresce e precisa de profissionais capacitados

estúdio correio
28.01.2022, 13:08:00
(Foto: Shutterstock)

Mercado para redatores cresce e precisa de profissionais capacitados

Entenda o que é preciso para escrever bem e atender às demandas profissionais para a área de redação.

A capacidade de criar bons textos envolve diversos fatores e pode ser uma característica ou indício da profissão com a qual se tem mais afinidade. O mercado atual possui uma demanda crescente por bons redatores e por pessoas criativas. As ofertas de emprego podem acontecer tanto de forma tradicional, com registro em carteira (CLT) quanto na modalidade freelancer. O mais importante é que o profissional esteja antenado nas principais tendências do mercado para esta área.

Outra característica é a flexibilidade com relação à formação do redator. Não existe uma exigência clara quanto a isso por parte das empresas, em âmbito geral. No entanto, a maioria das oportunidades existentes possui demandas para pessoas formadas em cursos relacionados à comunicação. Desta forma, é um diferencial importante contar com graduação em Publicidade e Propaganda, Jornalismo, Marketing ou outras do tipo. Também se aceitam os profissionais com diploma em Letras e Linguística, por exemplo.

Confira quais são os trabalhos mais comuns para redatores

Primeiramente, saiba que a ferramenta mais importante de trabalho para um bom redator é a internet. É no ambiente virtual em que acontecem os contratos de emprego e os famosos “Jobs”. Por isso, para quem quer trabalhar com redação, ter um domínio digital ampliado é super importante e indicado. Neste sentido, já dá para esperar que os principais trabalhos estejam ligados com a web.

As principais demandas vão desde textos publicitários para campanhas e anúncios até artigos extensos sobre assuntos específicos. Porém, o trabalho é versátil e pode incluir a criação de poemas, frases curtas e diretas para currículo, produções literárias, produções acadêmicas, entre várias outras coisas. A verdade é que a profissão de redator se mostra uma das áreas mais abrangentes.

Principais tipos de texto cobrados pelo mercado:

Abaixo você confere uma lista com os principais tipos de textos cobrados pelos contratantes de redatores:

- Redação publicitária: texto para outdoor, papelaria, folders, cartazes etc.

- Roteiros para vídeos e locuções;

- Textos acadêmicos para produção de artigos;

- Artigos para blogs e sites especializados;

- Textos noticiosos para portais de notícias;

- Reportagens;

- Textos literários;

- Copywriting para redes sociais e anúncios digitais;

- Textos para SEO (Search Engine Optimization);

- Textos para fins pessoais: currículo, cartas, mensagens, declarações etc.

Apesar de todas essas possibilidades acima, a quantidade de opções é ainda maior. A melhor dica está em especializar-se em algum tipo de conteúdo para dominar o tema e encontrar o público mais facilmente. Aliás, muitas das áreas apresentadas exigem um longo período de estudo para dominar todas as técnicas existentes.

Fato é que a demanda existe e o número de profissionais especializados não é dos maiores. Diferentemente do que algumas pessoas podem esperar, os redatores precisam de técnica e prática. Um bom texto faz toda a diferença em quase tudo o que está ligado, de alguma forma, à comunicação moderna. Em outras palavras, é preciso estudar e se dedicar para conquistar sucesso na trilha da redação profissional.

Este conteúdo não reflete, nem total e nem parcialmente, a opinião do Jornal Correio e é de inteira responsabilidade do autor

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas