Mesmo com pandemia, clientes não abrem mão de chocolates na Páscoa

salvador
02.04.2021, 16:16:00
João Gabriel, 6 anos, exibe orgulhoso as caixas de chocolate que ganhou (Foto: Paula Fróes/ CORREIO)

Mesmo com pandemia, clientes não abrem mão de chocolates na Páscoa

Últimas horas foram de correria para comprar os ovos em lojas e shoppings

Mais uma vez o coelhinho da páscoa não pode sair da toca para entregar os ovos, por conta da pandemia, mas muita gente procurou os shoppings centers e foi pessoalmente buscar os mimos. Apesar do clima de tristeza por conta dos elevados números de mortes e internações por covid-19, os soteropolitanos se mostraram otimistas e disseram que a páscoa é a oportunidade de renovar a esperança.

Funcionários contaram que movimento foi intenso essa semana (Foto: Nara Gentil/ CORREIO)

O engenheiro da computação, Lucas Plácido, 27 anos, saiu de Pernambués para buscar os ovos da páscoa no Salvador Shopping. O almoço será em família e ele contou que para evitar conflito levou chocolate para a esposa, a sogra e até para o cunhado. “A gente encontra felicidade em muitos momentos. Esse é um deles”, disse, sobre a Páscoa em tempos de pandemia.

Lucas Plácido contou que sempre deixa para a última hora (Foto: Nara Gentil/ CORREIO)

Salvador estava com 82% de leitos de UTI ocupados na véspera do feriado, mas a segunda onda começou a entrar em declínio e a expectativa é de que a situação melhore nos próximos dias. Lucas contou que o almoço em família é uma forma de alento e disse que está tentando mudar alguns hábitos.

“Todo ano eu digo que vou comprar com antecedência [os chocolates], e todo ano eu compro em cima da hora. O melhor é se planejar e comprar antes para tentar encontrar preços mais em conta. Prometo que ano que vem vou fazer isso”, afirmou.

Mesmo dentro dos carros crianças aproveitaram a páscoa nos shoppings (Foto: Paula Fróes/ CORREIO)

Ele não foi o único. A enfermeira Thaianne Silva, 35, foi retirar a compra no Shopping da Bahia, nesta sexta-feira (2), e contou que aguardou até o último minuto para finalizar o pedido. A esperança era de que os preços ficassem mais baixos, mas como isso não ocorreu ela adotou uma estratégia interessante para agradar os dois filhos, Samuel e João Gabriel, de 13 e 6 anos, respectivamente.

“Como o preço dos ovos estava muito alto nós optamos por comprar seis caixas de chocolate e entregamos três para cada um deles. Eu prefiro dá o ovo de páscoa para eles. No ano passado foram ovos artesanais, mas esse ano ficou inviável”, contou.

A família Silva escolheu o drive-thru também porque acredita que essa modalidade representa menos risco de contágio. “Estamos com medo dessa variante da covid. Temos familiares que estão internados. Ontem, a tia deles saiu da UTI e foi para a enfermaria. Nessa pandemia a gente tem que sensibilizar [os filhos] quanto à importância da proteção e quanto à situação financeira pela qual o país está passando”, disse.

Nesses dois shopping o drive-thru da Páscoa funciona até sábado (3), mas outros estabelecimentos vão oferecer o serviço também no domingo (veja programação abaixo).

Natasha Pinheiro está trabalhando no drive desde o início da semana (Foto: Nara Gentil/ CORREIO)

Movimento
Funcionários contaram que o movimento de clientes foi intenso nos últimos dias, principalmente à tarde. As crianças foram as mais beneficiadas, mas também houve muito mimo entre casais. Cleyde Gregório é proprietária da Havanna, no Salvador Shopping, e criou uma estratégia para tornar a data ainda mais simbólica.

“Muitos clientes compram o chocolate para presentear alguém. Essa pessoa vem pessoalmente pegar o presente ou, no caso do delivery, a gente leva na casa dela. Então, criei um serviço em que o cliente pode mandar uma mensagem para a pessoa que ele quer presentear. A gente escreve a mão em um cartão que vai junto com o chocolate. Eles gostaram da ideia. Fizemos ano passado e esse ano de novo”, disse.

Ela acredita que a data é um momento para estar junto com a família, seja de forma presencial ou virtual, para celebrar e refletir. Na tradição Cristã, o Domingo de Páscoa foi o dia em que Jesus Cristo ressuscitou, então, para muitos religiosos, esse é o momento de renovar a fé e a esperança de que o mundo vai se curar.

Serviço vai continuar no fim de semana (Foto: Nara Gentil/ CORREIO)

Confira a programação dos shoppings:

Salvador Shopping
Sábado: 10h às 18h;
Domingo: não funciona;

Shopping da Bahia
Sábado: 10h às 18h;
Domingo: não funciona;

Shopping Barra
Sábado e domingo: 10h às 18h;

Shopping Bela Vista
Sábado: 10h às 18;
Domingo: 13h às 18h;

Shopping Paralela
Sábado e domingo: 10h às 18h;

Shopping Center Lapa
Sábado e domingo: 10h às 19h;

Shopping Piedade
Sábado: 10h às 17h;
Domingo: não funciona;

Shopping Itaigara
Sábado: 10h às 18h;
Domingo: não funciona;

Salvador Norte Shopping
Sábado: 10h às 18h;
Domingo: não funciona;

Parque Shopping da Bahia (Lauro de Freitas)
Sábado: 10h às 17h;
Domingo: não funciona

Shopping Paseo
Não foi informado o horário de funcionamento;

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas