Metrô de Salvador ganhará telão com horários dos trens; veja como será

salvador
06.10.2021, 11:46:00
Atualizado: 06.10.2021, 15:54:37
Autoridades apresentam o novo painel que será instalado em todas as plataformas (Foto: Gil Santos/ CORREIO )

Metrô de Salvador ganhará telão com horários dos trens; veja como será

Sistema será instalado em dez estações até dezembro

As plataformas do metrô de Salvador estão com uma novidade. Agora, um telão informa em tempo real o horário do próximo trem e os vagões que estão mais vazios. Nesta quarta-feira (6), a CCR Metrô Bahia, concessionária que administra o modal, fez um evento para apresentar o novo sistema e informou que ele será implantado em dez das 19 estações até o final do ano, e em 100% até março de 2022.

O presidente da empresa, André Costa, contou que os vagões foram equipados com sensores que calculam o peso e informam, em tempo real, quais os carros que estão mais leves, ou seja, com menor quantidade de pessoas. As informações aparecem nos telões instalados nas plataformas das estações Acesso Norte e Rodoviária, as primeiras a receber a novidade.

“É um sistema que busca trazer mais comodidade, conforto e segurança para o nosso passageiro, para toda a população que usa o sistema metroviário de Salvador e Lauro de Freitas. Com ele, o passageiro vai saber quantos minutos e segundos faltam para o próximo trem chegar naquela plataforma, tanto por meio de monitores, como também por meio do aplicativo Quicko”, afirmou.

Costa contou que esse sistema já está em uso no metrô de São Paulo, mas que o aplicativo é uma novidade lançada na Bahia. O telão instalado nas plataformas apresenta o cronômetro com o horário do próximo trem e um conjunto de barras coloridas que representam cada um dos quatro vagões. Elas começam em verde e vão mudando de cor até ficarem amarelas e, depois, vermelhas, quando o carro estiver lotado.

Cerca de 330 mil pessoas usam o metrô todos os dias, em 800 viagens. “A gente vai conseguir equilibrar melhor a distribuição de passageiros nos carros do trem, mantendo mais segurança com relação a pandemia e dando mais conforto e comodidade para o cliente que sabe que pode esperar o próximo trem em um curto espaço de tempo se o primeiro estiver muito cheio”, contou o presidente da CCR Metrô Bahia.

Os passageiros disseram que a mudança será mais sentida fora do horário comercial. A atendente de call center, Rafaela Silva, 32 anos, contou que usa o metrô todos os dias e acredita que o sistema pode ajudar.

“Durante o dia, no horário comercial, o intervalo entre os trens é curto, então, a gente nem precisa esperar tanto. Agora, a noite e aos fins de semana, quando o próximo trem demora mais para chegar, esse sistema vai ajudar porque vamos poder nos programar melhor. Vou poder avaliar se ainda dá tempo de ir ao banheiro”, brincou.

O promotor de venda Israel Maia, 35, aprova a ideia, mas disse que vai aguardar para conferir o funcionamento na prática. “A proposta é interessante e pode dá certo, mas por enquanto está funcionando em apenas duas estações. Vou avaliar melhor quando estiver operando em todas as estações. Mas gosto da ideia. Todo esforço que for feito para melhorar a vida do passageiro é válido”, disse.

Impacto
As autoridades acreditam que o novo sistema terá impacto também nos horários de pico porque vai ajudar a distribuir melhor a quantidade de passageiros dentro dos trens. O diretor-presidente da Companhia de Transportes do Estado da Bahia (CTB), José Eduardo Copello, responsável por fiscalizar o transporte metroviário, disse que a novidade terá impacto na integração.

“O passageiro que estiver no ônibus poderá, através do aplicativo, saber qual o horário que o metrô que ele precisa vai passar e se programar para agilizar a viagem. Isso sem dúvida vai melhorar a integração. Além disso, é uma tendência usar a tecnologia a favor do serviço. O metrô já é um sistema inovador e típico de cidades inteligentes, e o nosso é bastante atualizado do ponto de vista tecnológico”, disse.

Ele lembrou que o novo trecho do metrô que está em construção vai adicionar mais 5 km ao modal, terá mais duas estações e vai ligar Pirajá a Águas Claras, onde também vai funcionar a nova rodoviária. O trecho será operado pela CCR e a expectativa é fazer a inaugurar no segundo semestre de 2022. Copello citou ainda o VLT, sistema que vai substituir os trens do Subúrbio e ligar a região até a Estação Acesso Norte, como mais um esforço para melhorar a mobilidade da cidade.

Já a Secretária de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Ananda Lage, afirmou que a tecnologia é uma ferramenta importante no transporte de massa. “Após a pandemia o mundo mudou. A área de mobilidade também mudou. É hora de nos reinventarmos e trazermos a tecnologia para esse momento, para possibilitar o melhor conforto e segurança para os usuários”, afirmou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas