Michele Bolsonaro recebe alta após fazer cirurgia para trocar silicone das mamas

brasil
04.01.2020, 12:33:00
Atualizado: 04.01.2020, 12:43:43
(Foto: Divulgação)

Michele Bolsonaro recebe alta após fazer cirurgia para trocar silicone das mamas

Durante sua recuperação, a primeira-dama recebeu três visitas do presidente Jair Bolsonaro

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, recebeu alta neste sábado (4) após ter passado por cirurgia para corrigir um afastamento no músculo do abdome e para troca de próteses de silicone da mama. Michelle foi operada na quinta-feira (2) e estava, desde então, em recuperação no hospital DF Star, na Asa Sul, em Brasília. Michelle saiu do hospital por volta de 11h25. A previsão inicial era que fosse liberada entre 8h e 9h.

Em nota, o hospital informou: "A senhora primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro, internada no Hospital DF Star após ser submetida a procedimento cirúrgico apresentou ótima evolução clínica, recebendo alta hospitalar hoje, dois dias após a cirurgia e continuará com acompanhamento pelo médico da família".

Já na sexta-feira (3) o médico cirurgião responsável, Régis Ramos, informou que Michelle estava bem e estava tendo recuperação melhor do que esperado. "Está caminhando, comendo de tudo e muito animada", disse o médico.

As cirurgias, que duraram 4h30, corrigiram uma diástase e hérnia umbilical em decorrência das duas gestações de Michelle, segundo informou Ramos no dia do procedimento.

O médico disse ainda que, com o tempo, as próteses de silicone podem causar eventuais dores na mama e, por isso, a cirurgia era necessária. "O implante dela já tinha mais ou menos 10, 12 anos. Aí então é necessária a retirada do implante para colocar um novo", disse o médico no dia da cirurgia. Durante sua recuperação, a primeira-dama recebeu três visitas do presidente Jair Bolsonaro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas