Ministério da Saúde confirma primeiro caso de reinfecção pelo coronavírus

coronavírus
10.12.2020, 09:07:26
Atualizado: 10.12.2020, 09:10:55

Ministério da Saúde confirma primeiro caso de reinfecção pelo coronavírus

Paciente é uma médica de 37 anos, que mora em Natal, e também trabalha na Paraíba

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O primeiro caso de reinfecção por coronavírus no Brasil foi confirmado pelo Ministério da Saúde, nesta quinta-feira (10). A identificação foi feita através da metodologia da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) por seqüenciamento genético. 

A paciente é uma médica de 37 anos, que mora em Natal, e também trabalha na Paraíba, além de atuar no Rio Grande do Norte. Ela se infectou pela primeira vez em junho.

A médica teve cefaleia, dor abdominal e coriza, fez o teste RT-PCR em 23 de junho, que deu positivo. Após o período de isolamento, ela se recuperou da doença.

No dia 11 de outubro, ela voltou a apresentar sintomas da covid-19: astenia, mialgia, cefaleia frontal e distúrbios gustativos e olfativos. Ela, então, realizou um novo teste RT-PCR no dia 13 de outubro, também no estado da Paraíba, e teve um novo resultado positivo.

Os estados do Rio Grande do Norte e Paraíba iniciaram a investigação do caso em conjunto. As amostras da paciente foram encaminhadas para análise no laboratório da Fiocruz, no Rio de Janeiro.

A fundação identificou a presença de linhagens distintas do vírus SARS-CoV2 nas amostras coletadas, confirmando ser um caso de reinfecção, o primeiro no Rio Grande do Norte. Há outros cinco casos em investigação. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas