Ministro diz que redução do preço do diesel custará R$ 9,5 bilhões este ano

brasil
28.05.2018, 08:58:40
Atualizado: 28.05.2018, 10:04:30

Ministro diz que redução do preço do diesel custará R$ 9,5 bilhões este ano

Segundo Eduardo Guardia, o governo chegou ao “limite” do que pode conceder com a medida

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O custo da redução do preço do diesel em R$ 0,46 por litro deve ficar em R$ 9,5 bilhões este ano. A afirmação é do ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, em entrevista na manhã desta segunda-feira (28) ao programa Bom Dia, Brasil, da TV Globo.

Segundo ele, o governo chegou ao “limite” do que pode conceder com a medida, feita de forma “responsável”.

O presidente Michel Temer anunciou no domingo (27) o congelamento por 60 dias da redução do preço do diesel na bomba em R$ 0,46 por litro.

Temer fez um pronunciamento depois de um dia inteiro de negociações no Palácio do Planalto. A título de comparação, o presidente disse que o desconto equivale a zerar as alíquotas da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) e  do PIS/Cofins (Programa de Integração Social/Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social).

Os representantes dos caminhoneiros autônomos não aceitaram o congelamento do diesel por apenas 30 dias, como havia sido inicialmente proposto.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas