Modelo indiana será indenizada em R$ 1,4 milhão por corte malfeito em salão

em alta
24.09.2021, 15:56:40
(Foto: Ilustrativa/Rawpixel pic)

Modelo indiana será indenizada em R$ 1,4 milhão por corte malfeito em salão

Aashna Roy pediu corte clássico de 10 cm das pontas, mas cabeleireira cortou cabelo deixando apenas 10 cm

Um tribunal indiano ordenou que um salão de beleza pague em torno de US$ 271.000 - o equivalente a R$ 1,4 milhão na cotação atual - em indenização a uma modelo por um corte de cabelo malfeito que, segundo ela, causou-lhe uma "grave depressão".

Aashna Roy foi a um salão em um hotel de luxo em Nova Délhi em 2018 e pediu à equipe um corte de cabelo clássico de 10 cm das pontas, de acordo com a sentença do tribunal da cidade.

"Para surpresa da demandante (Aashna Roy), porém, a cabeleireira cortou o cabelo, deixando apenas 10 cm, que mal chegava aos ombros", acrescenta o texto.

O tribunal concluiu que, como Roy havia feito carreira como modelo posando para anúncios de produtos para cabelo, esse corte causou-lhe "grave depressão e trauma".

"Não há dúvida de que as mulheres são muito cuidadosas com os cabelos. (...) Gastam somas consideráveis para mantê-los em boas condições. Também são emocionalmente apegadas aos cabelos", continua a sentença.

"Ela perdeu contratos e sofreu uma grande perda que mudou completamente seu estilo de vida e acabou com seu sonho de se tornar uma supermodelo", acrescenta a decisão.

O tribunal condenou o salão a pagar 20 milhões de rúpias (US$ 271.000) no prazo de oito semanas após o anúncio da sentença. A parte acusada ainda pode recorrer da decisão. Com informações da AFP.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas