Morre aos 66 anos o Taata Anselmo, líder religioso do Terreiro Mokambo

salvador
28.11.2021, 15:19:26
(Reprodução/Terreiro Mokambo)

Morre aos 66 anos o Taata Anselmo, líder religioso do Terreiro Mokambo

O religioso estava internado no Hospital Menandro de Faria com problemas respiratórios

O Taata Anselmo José da Gama Santos faleceu neste domingo (28), aos 66 anos, por conta de problemas respiratórios causados por uma pneumonia. Ele foi o fundador do Terreiro Mokambo, localizado na Vila 2 de Julho. O Taata do candomblé de nação Angola é semelhante ao Babalorixá, ou pai de santo, nos terreiros da nação Ketu.

O Taata Anselmo estava internado no Hospital Menandro de Faria, em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Nascido no Rio de Janeiro, foi na Bahia que o Babalorixá desenvolveu grande parte da sua vida profissional e religiosa. Em Salvador, no ano de 1980, ele se reuniu com Mãe Mirinha de Portão, que o ajudou a consolidar sua vida religiosa.

Ele continuou por aqui e acabou criando raízes na capital baiana, criando a Associação Beneficente Pena Dourada, visando atender aos moradores em estado de vulnerabilidade social da Vila Dois de Julho e adjacências, bem como o Terreiro Mokambo, tombado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (IPAC) da Bahia em 2006.

Nas redes sociais, a deputada federal Lídice da Mata (PSB) lamentou o falecimento do religioso. “Foi com muita tristeza que recebi a notícia da morte de Taata Anselmo, líder do Terreiro Mokambo, na Vila Dois de Julho”, começou a parlamentar. “Nascido no Rio de Janeiro, recebeu do nosso mandato na Assembleia o título de cidadão baiano, do qual se orgulhava muito. Teve um importante trabalho no combate à intolerância religiosa e também na inclusão daqueles menos favorecidos. Sentirei imensa saudade deste grande amigo”, concluiu.

Taata formou-se  em Secretariado Executivo pela Universidade Católica do Salvador (UCSal), e concluiu um mestrado em Educação e Contemporaneidade pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Profissionalmente, desenvolveu atividades na área da comunicação emissoras de TV da Bahia, bem como atuou como produtor de programas de turismo e produtor de eventos.

No site oficial, o Terreiro Mokambo expressou o sentimento de tristeza, mas destacou o legado do religioso. "Um dia muito triste para o povo de santo. A Bahia perde um grande líder religioso. Taata Anselmo Santos Minatojy, do Terreiro Mokambo agora está junto aos seus ancestrais, de onde, certamente, seguirá sua bela missão espiritual. Deixa um lindo legado para a preservações das tradições do Candomblé Congo/Angola. Em nome de toda a família, meus sinceros sentimentos à comunidade do terreiro e um grande VIVA à história de luta desse amado amigo, inspiração do nosso filme. A dor é imensa! Muita luz e axé", comentou em nota.

O sepultamento de Taata Anselmo está marcado para segunda-feira (29), às 10h, no Cemitério Bosque da Paz.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas